Notícias

Publicado em 28 de Outubro de 2015 às 18h:32

Roy Jones Jr. enfrentará Enzo Maccarinelli SEM sanção da AMB

Foto do autor

Autor Daniel Leal

Imagem: USA Today

Diferente do que havia sido anunciado na imprensa internacional, e aqui no Round13,  Roy Jones Jr. (62-8, 45 ko's), aos 46 anos, pelejará sim contra o britânico Enzo Maccarinelli (40-7, 32 ko's), no dia 12 de Dezembro, na VTB Arena, em Moscou, Rússia, mas o combate NÃO valerá o cinturão de "Supercampeão" dos cruzadores pela AMB.

O status de “Supercampeão” da entidade, é o mais alto posto em uma categoria por esta sancionada, estando à cima da alcunha de “regular” e “interino”.

O anúncio, que havia causado estranhesa, beirava o absurdo, uma vez que nenhum dos dois lutadores se encontrava no ranking da entidade. Além disso, o detentor do boldrié “Regular”, ou seja, abaixo deste, é o russo Denis Lebedev, que nocauteou Jones Jr. em 2011. Daí em diante, o ex-pound-for-pound do boxe mundial nos anos 90 e 2000, engatou sequência de 8 vitórias perante pugilistas praticamente desconhecidos, além de, na melhor das hipóteses, medíocres. Maccarinelli, por sua vez, depois de deter o cinturão mundial da OMB nos cruzadores e perdê-lo, desceu de categoria, aos meio-pesados, aonde lutou nos últimos 3 anos, retornando às 200 libras somente em 2015. Detalhe, sua última derrota, em 2014, veio das mãos de Juergen Braehmer, em contenda que valia a cinta mundialista “regular” pela AMB na categoria até 79 kg e seu último adversário, Jiri Svacina, possui um recorde com mais derrotas do que vitórias.

Em declaração á imprensa internacional, Frank Warren, promotor de Maccarinelli e do evento, afirmou que a contenda valeria o cinturão em questão, mas a Associação Mundial de Boxe, em um lampejo de sanidade e alívio para o boxe mundial, emitiu nota através de seu vice-presidente, Gilberto Mendoza, afirmando que não há possibilidade deste combate ser válido pelo cinturão dos pesos-cruzadores.

Comentários