Notícias

Publicado em 29 de Outubro de 2015 às 20h:23

Tudo em família: Por que Yamaguchi voltou á treinar com Touro Moreno?

Foto do autor

Autor Daniel Leal

Imagem: GloboEsporte.com

Medalhista olímpico, contratado de uma das maiores empresas de promoção de eventos no mundo, Yamaguchi Falcão (8-0, 2 ko's) decidiu voltar às suas origens. Em preparação para combater no próximo dia 14 de Novembro, em Praia Grande, na baixada santista, o boxeador capixaba decidiu deixar de lado uma academia convencional e voltou a treinar com o primeiro técnico de sua vida: Seu pai.

Touro Moreno, ele mesmo um ex-lutador, foi quem incentivou todos os filhos, neles incluídos dois dos maiores pugilistas amadores da história do Brasil, à prática do esporte de luvas. Mas quais seriam os motivos, os pontos positivos, em retomar os treinos com o homem que começou tudo?

Foi para tirar essa dúvida que o Round13 teve o prazer de conversar com o patriarca da família Falcão.

R13: Por que retomaram os treinos de pai e filho, depois de tanto tempo?

Touro Moreno: É sequência da vida, é o esporte, ele tem que ir à frente, né? Então ele foi pra estudar, foi pra “faculdade”, pra retornar agora, e reconheceu que a técnica do pai as vezes não taria avançada mas seria mais fácil unir à técnica com o conselho e obediência, seria melhor.

R13: Quais as vantagens que o Sr. vê ao preparar seu filho para essa luta, em relação a preparação que ele vinha tendo?

Touro Moreno: Vantagem… Um “transatlântico de transporte” de vantagem pra mim, no caso, né? Eu tendo meu filho junto, nós juntos, treinando, eu passando as poucas coisas que sei e aprendendo tudo que ele sabe, une-se uma coisa com a outra, né? Então, quer dizer, eu levo vantagem, permaneço em forma, une-se as famílias, une-se o público, e pra mim tudo isso é vantagem., pelo menos, principalmente pra minha saúde, é tudo de bom, a minha felicidade é isso que eu tô fazendo agora.

R13: Daqui pra frente, pretendem continuar treinando juntos?

Touro Moreno: Eu poderia dizer, adiantado, que sim, mas, fica na mão de Deus, ele decide, e nós tamos junto(sic)!


Imagem: GloboEsporte.com

 

O resultado dos treinamentos entre pai e filho, poderemos acompanhar em breve. Apesar de Yamaguchi não ter ainda adversário definido, percebe-se que uma união destas dificilmente será batida.

Comentários