Notícias

Publicado em 30 de Janeiro de 2016 às 05h:08

Joaquim Carneiro perde para Turarov!

Foto do autor

Autor Luigi F.

Imagem: Daniel Cork / Instagram: @i_dcork1

Em luta realizada no 5 Star Banquet Hall, no Queens, em Nova York, EUA, o brasileiro Joaquim Carneiro (22-7, 20 KOs) acabou derrotado pelo cazaque Zhankosh Turarov (18-0, 13 KOs) no primeiro round, após sofrer dois knockdowns. Com golpes localizados no corpo do brasileiro, Turarov acabou conseguindo a vitória após a interrupção do árbitro, levando para casa o cinturão de campeão mundial pela Associação Nacional de Boxe na categoria dos meio-médios. Vale lembrar que a entidade não faz parte do quadro de principais organismos reguladores do boxe mundial.

Ainda emocionado em função do desfecho da contenda, o brasileiro conversou com exclusividade com o Round13. “Não tive chance alguma na luta. Logo no primeiro round tomei dois golpes na linha de cintura e isso acabou comigo. Peço desculpa a todos vocês. Isso nunca aconteceu comigo antes, sempre fiz lutas duras fora do Brasil, nunca tinha feito menos de 5 rounds. Ele me machucou demais. Quem me conhece sabe que não faço isso, não sairia do meu país para lutar um ou dois rounds. Eu tenho prazer de lutar. Dessa vez, não tive chances. Senti muito os golpes dele e acabou comigo. Não vou tirar o mérito do Turarov, ele pega muito duro. Já fiz outras lutas boas mesmo tendo chego em cima da hora no local e contra adversários mais pesados, como foi o caso dessa luta, mas isso não vem ao caso. Já estou bem, mas não consegui desenvolver meu boxe. Recebi dois golpes duros, um de cada lado, e não tive como voltar. Estou com vergonha. Muitos brasileiros vêm pra fora e se jogam, não querem lutar, as vezes nem recebem o golpe e se jogam. Não queria que pensassem isso de mim. Queria me desculpar com todo mundo. Ainda não desisti e vocês vão ouvir falar de mim, eu vou voltar”, finalizou Joaquim Carneiro.

Com a vitória, Turarov soma a 12ª vitória consecutiva pela via rápida. Já Carneiro, que retomou a atividade no ano passado, após mais de uma temporada afastado se recuperando de um grave acidente de moto ocorrido no final de 2013, conheceu a sétima derrota da carreira. Até hoje, Carneiro foi derrotado apenas nas lutas realizadas fora do Brasil, mas segue invicto em solo nacional.

Comentários