Notícias

Publicado em 14 de Fevereiro de 2016 às 19h:35

Henrique Oliveira, irmão mais novo de Michael Oliveira, estreia com vitória no profissional

AutorLuigi F.

Foto: Arquivo pessoal - Reprodução/Instagram

To read this article in English, click here.

Em combate realizado ontem, na província de Santiago, na República Dominicana, Henrique Oliveira (1-0, 1 KO) estreou com o pé direito no boxe profissional. Em luta válida pela categoria dos médio-ligeiros, o brasileiro bateu o dominicano Juan Encarnación (Boxrec: 0-24) por nocaute técnico no terceiro round.

Henrique é o irmão mais novo de Michael “The Brazilian Rocky” Oliveira (20-2, 15 KOs), e também é radicado nos EUA. Assim como o irmão, Henrique é promovido e empresariado pela MO Productions, empresa presidida por seu pai, Carlos Oliveira. Além disso, ele também é treinado por Orlando Cuellar, técnico que já treinou, além de seu irmão, pugilistas renomados como Glen Johnson, Juan Gomez e Yuriorkis Gamboa.

A estreia no profissionalismo se deu após cartel de 5-1 no boxe amador, com carreira construída lutando nos EUA. No amadorismo, o maior destaque obtido foi a medalha de bronze no Florida Golden Gloves de novatos (boxeadores com até 9 lutas), competição regional preliminar ao tradicional National Golden Gloves.

Melhor na luta desde o início, Henrique conseguiu impor um knockdown a seu oponente no segundo giro. A vitória acabou se confirmando no round seguinte, por nocaute técnico.

“Após recebermos o aval do treinador dele, acreditamos que estava na hora de fazer o primeiro teste no profissional. A luta não foi um passeio no parque. Apesar do cartel do adversário dele, o mesmo já enfrentou outros lutadores invictos, e além da experiência, teve algumas derrotas apenas por pontos. Foi uma experiência muito boa. Foi importante ver que ele não fugiu da luta apesar do nervosismo da estreia. O Cuellar também se impressionou com a luta, pois o Henrique mostrou técnica e soube ouvir bem o córner. No terceiro round ele corrigiu os erros dos assaltos anteriores e conseguiu sair com a vitória”, declarou Carlos Oliveira, em conversa realizada com o Round13.

De acordo com Carlos, a provável próxima exibição de Henrique se dará em evento no estado da Carolina do Norte, nos EUA, no próximo mês de março. Os detalhes ainda estão sendo negociados.

Já em relação a Michael Oliveira, que não luta desde novembro de 2013, quando foi derrotado por ponto por Norberto Gonzalez, Carlos informou que o retorno poderá ocorrer nos próximos 3 ou 4 meses. “O Michael se formou aqui nos EUA, e por causa dos estudos se afastou um pouco do boxe. Ele vai voltar a treinar agora e temos planos para uma luta daqui 3 a 4 meses. Ele está mais maduro hoje em dia e estamos avaliando as propostas”, finalizou o pai e empresário dos irmãos Oliveira.

Comentários