Notícias

Publicado em 23 de Fevereiro de 2016 às 15h:15

Mayweather cogita retorno aos ringues, mas só contra Pacquiao ou GGG

Foto do autor

Autor Daniel Leal

Rumores tratam de que o norte-americano esta pensando seriamente em se apresentar novamente. Imagem (Eric Jamison/Getty Images)

Não é novidade para ninguém que o Round13 pensa que a aposentadoria de Floyd Mayweather Jr (49-0, 26 ko's) pode não ser definitiva. Agora, rumores vindos da mídia internacional tratam de que o pensamento do ex-pound-for-pound do pugilismo mundial seria, realmente, voltar à ativa. Floyd estaria, inclusive, mantendo a forma, treinando continuamente.

Voltar (e bem) após anunciar aposentadorias é algo corriqueiro para Mayweather. Mesmo em seus mais longos períodos afastado, esteve em treinamento, comendo de forma adequada, e não piorou seu condicionamento. Desta vez não deve ser diferente.

Porém, em declarações ao site fighthype.com, “Money” já deixou claro que só estaria tentado ao retorno se fosse para enfrentar Manny Pacquiao ou Gennady Golovkin. Sobre o cazaque, ainda declarou que este é unidimensional, considerando suas habilidades técnicas como simples, diferentes das dele - “Seria um trabalho fácil”, disse Mayweather.

Outro fato que corrobora com a teoria lançada por aqui no ano passado, foram as declarações, gravadas em vídeo (você pode conferir ao final do texto), de que seu combate diante de Andre Berto teria sido apenas, realmente, para cumprir o contrato com a Showtime. “Eu só estava honrando meu contrato [contra Berto]… Foi um passeio, basicamente… Eu usei meu '“nível D”' (referindo-se ao nível de esforço que não precisou despender)”.

De uma forma ou de outra, o combate definitivamente mais interessante é contra GGG, apesar de Floyd estar claramente subestimando-o. Golovkin realmente não faz mais do que o “feijão com arroz”, porém de uma forma bastante contundente. Algo que poucos reparam no seu jogo é como ele corta os espaços no quadrilátero para seu adversário, uma tática que complicaria, e muito, a vida de Mayweather. Mesmo já declarando aceitar baixar o peso para cerca de 70 quilos, Gennady ainda teria uma vantagem física considerável sobre o americano, podendo um golpe apenas decidir os rumos do enfrentamento. Já contra Pacquiao, ainda que este estivesse lesionado na luta de Maio, dificilmente algo diferente aconteceria, porém, sem dúvida, os potenciais de lucratividade para uma revanche seriam enormes!

Comentários