Notícias

Publicado em 01 de Março de 2016 às 15h:27

Briggs pode ter chance de encarar Haye, em Maio

AutorDaniel Leal

O veterano peso-pesado falastrão finalmente pode conseguir a bolsa que tanto sonha no final de sua carreira. (Imagem: brooklynfights)

David Haye (27-2, 25 ko's) tem combate agendado para o próximo dia 21 de Maio, na O2 Arena, em Londres, mesmo palco de seu retorno em Janeiro, quando nocauteou o australiano Mark De Mori, de forma fulminante, logo no primeiro assalto. Dado este fato, resta encontrar um oponente. De Mori, apesar de ter enfrentado oposições de medianas à piores durante sua trajetória, ocupava o 10º lugar nos rankings da Associação Mundial de Boxe, ou seja, um oponente pouco complicado, porém bem posicionado. A vitória levou Haye, portanto, de um hiato de três anos e meio na carreira, diretamente para a 9ª colocação deste mesmo tabelamento.

O próximo adversário que o staff do inglês busca, deve ter pré-requisitos parecidos. E o nome que saiu recentemente como um dos mais fortes para subir no quadrilátero junto a ele é o de Shannon “The Cannon” Briggs (59-6-1, 52 ko's), ex-campeão mundial pela OMB. Conhecido por sua fanfarronice e também pelos combates contra grandes nomes, tais quais George Foreman, Vitali Klitschko e Lennox Lewis, Shannon não só atrairia holofotes o suficiente para tornar este evento um pay-per-view na Inglaterra, como também é o número #4 pela AMB, a despeito de não ter enfrentado nenhum lutador rankeado desde que retomou as atividades, em 2014. Briggs ficou também três anos e seis meses sem lutar após a derrota em disputa pelo cinturão mundial do CMB para Klitschko, em 2010, voltou ao boxe, e desde então somou oito vitórias em sequência, sendo sete pela via rápida (ele só não levou à nocaute o brasileiro Raphael Zumbano, vencendo-o por decisão unânime, após 12 rounds).

Em declaração à IFL TV, David disse existirem “cerca de quatro pessoas no radar” para ocuparem o córner oposto ao seu e quando questionado se o norte-americano falastrão seria um deles, apenas respondeu sorrindo: “Talvez”.

Aos 44 anos, esta pode ser a última oportunidade para que “The Cannon” ganhe uma bolsa gorda. Ele vinha tentando, de forma incessante, levar o ex-rei da divisão máxima, Wladimir Klitschko, à combatê-lo, mas viu seus planos frustrados quando o ucraniano foi derrotado por Tyson Fury, no final de 2015. Briggs ficou marcado na internet pugilística pelo bordão “Let's Go Champ!” (Vamos lá campeão, em tradução livre), que utilizava a todo o momento para provocar Wlad, em busca do tão sonhado enfrentamento que representaria, provavelmente, seu último grande pagamento.

Comentários