Notícias

Publicado em 15 de Março de 2016 às 22h:30

Juan Nogueira vence, e se junta à Graziele e Andreia nas semifinais; Rafael Lima acaba eliminado.

AutorLuigi F.

Da esquerda para a direita: Juan Nogueira (Imagem: Arquivo pessoal), Graziele Jesus (Imagem: Arquivo pessoal) e Andreia Bandeira (Imagem: William Barbosa / Prefeitura de São Paulo)

Nos combates ocorridos no dia de hoje, o Brasil obteve uma vitória e uma derrota no Pré-Olímpico das Américas, que vem ocorrendo na cidade de Buenos Aires, na Argentina.

Na primeira luta do dia, Juan Nogueira derrotou o haitiano Arnaud Sony Jr pela categoria dos pesados (91 kg) por TKO no primeiro round, obtendo a classificação para as semifinais. Com a vitória, Juan está a apenas uma vitória de garantir a classificação para os Jogos Olímpicos do Rio. Ele enfrentará, na próxima quinta-feira a tarde, o cubano Erislandy Savon. Em caso de derrota, o brasileiro terá mais uma oportunidade: como nessa categoria haverão 3 classificados para os Jogos, os dois boxeadores que perderem as semifinais se enfrentarão em contenda eliminatória pela terceira colocação.

Já o super-pesado (+ 91 kg) Rafael Lima não teve o mesmo destino. Ele acabou superado pelo cubano Lenier Pero Justiz em duelo nas quartas-de-final, e assim como Pedro Lima e Roberto Custódio, terá que buscar sua vaga numa próxima oportunidade.

Dessa forma, o Brasil continua vivo na disputa com 3 pugilistas: Graziele Jesus, Andreia Bandeira e Juan Nogueira.

O Pré-Olímpico das Américas oferecerá, para os homens, vagas aos três primeiros colocados, enquanto para as mulheres, apenas as duas primeiras ficarão com os lugares reservados para o maior evento esportivo da história de nosso país.

Vale lembrar que o Brasil já possui 7 atletas garantidos para a disputa das Olimpíadas do Rio de Janeiro, que ocorrem em agosto deste ano: Adriana Araujo, Patrick Lourenço, Julião Neto, Robenílson de Jesus, Robson Conceição, Joedison Teixeira e Michel Borges. Nenhum deles está participando da competição em Buenos Aires.

O Round13 conversou com exclusividade com os três brasileiros classificados para as semifinais. As três lutas ocorrerão na próxima quinta-feira, dia 17, no período da tarde. Segue abaixo, além da lista dos próximos compromissos de cada um deles, os comentários feitos acerca de suas expectativas.

- Juan Nogueira (91 kg): enfrentará o cubano Erislandy Savon

Já lutei com ele no Continental e perdi por decisão dividida. Estou muito bem preparado e confiante. A minha expectativa é a melhor possível, estou muito focado e empenhado. Não vai ser fácil tirar essa classificação de mim!”, disse Juan.

- Graziele Jesus (51 kg): enfrentará a canadense Mandy Bujold

Vim para esse Campeonato determinada e focada em busca da vaga. É claro que bate uma ansiedade e um frio na barriga, mas vim me preparando e treinando forte para isso. Posso dizer que estou pronta para o combate e acredito que tudo dará certo. Conheço a Bujold, mas nunca lutei com ela. Sei que é experiente e já carrega uma grande bagagem em sua caminhada. Gostaria de agradecer a Deus por ter me colocado aqui, à torcida, que tem feito toda a diferença nesse momento, à Comissão Técnica da Seleção Brasileira, que tem acreditado no meu trabalho, e ao meu primeiro treinador, Anderson Firmino, que tem me dado forças mesmo de longe”, declarou Graziele.

- Andreia Bandeira (75 kg): enfrenta a canadense Ariane Fortin-Brochu

Estou muito feliz pelo resultado de ontem e por ter executado 90% do trabalho que foi realizado nos treinos. Além disso, ela era a atleta da casa e da Argentina, que é nosso rival no futebol, então o gosto da vitória é ainda melhor. Já lutei contra a canadense duas vezes em finais de Continentais. Infelizmente não obtive vitória, mas saí com a prata nesses torneios. Mas cada luta é uma luta! Hoje estou mais madura e sei que farei uma boa luta contra ela. Estou bem confiante e focada. Darei o melhor de mim e agradeço pela torcida e pela oportunidade de falar do meu trabalho”, disse Andreia.

O Round13 deseja sorte aos nossos três representantes que lutam nesta quinta-feira. Estamos na torcida!

Comentários