Notícias

Publicado em 18 de Março de 2016 às 22h:24

Juan Nogueira vence disputa de 3º lugar e está classificado para Rio-2016!

AutorLuigi F.

Imagem: Arquivo pessoal/Facebook

Em disputa ocorrida na tarde de hoje, o pesado Juan Nogueira derrotou o estadunidense Cam Awesome por 2 a 1, garantiu a terceira colocação no Pré-Olímpico das Américas de Buenos Aires, e se tornou o oitavo pugilista brasileiro classificado para as Olimpíadas do Rio de Janeiro, que ocorrerão no mês de agosto deste ano.

A campanha de Juan no torneio se iniciou nas quartas-de-final, onde o brasileiro bateu o haitiano Arnaud Sony Jr por nocaute técnico no 1º round. Na semifinal, realizada ontem, ele acabou derrotado pelo cubano Erislandy Savon. Savon acabou ficando com a medalha de ouro, após vencer, por WO, o argentino Yamil Alberto Peralta, também no dia de hoje.

Foi a primeira vez que Juan lutou contra Awesome, que anteriormente lutava entre os super-pesados. “Essa luta foi muito difícil, pois se tratava de um adversário experiente e com um jogo muito complicado, e que veio da categoria de cima esse ano. Estou muito feliz e emocionado com essa conquista e grato a todos envolvidos, técnicos, fisioterapeutas, massagista, psicóloga, nutricionista, médico, preparador físico e claro a Confederação Brasileira de Boxe. Estou muito otimista para o Jogos Olímpicos e sei que lá estarei melhor preparado ainda e trarei minha medalha para o Brasil! Obrigado ao Round13 pela cobertura e divulgação de resultados”, declarou Juan com exclusividade ao R13.

Com a vitória, Nogueira se junta a Adriana Araujo, Patrick Lourenço, Julião Neto, Robenílson de Jesus, Robson Conceição, Joedison Teixeira e Michel Borges, brasileiros que já haviam se classificado antes do Pré-Olímpico da Argentina.

Amanhã, Graziele Jesus (51 kg) e Andreia Bandeira (75 kg) subirão ao quadrilátero de cordas do Ferial la Rural de Palermo para disputar a terceira colocação em suas divisões. Elas terão pela frente Virginia Fuchs (EUA) e Yenebier Benitez (Rep. Dominicana), respectivamente. Vale lembrar que no boxe feminino, apenas as duas primeiras colocadas do torneio classificatório garantem a vaga direta para as Olimpíadas. Em caso de vitórias, as brasileiras poderão herdar a classificação para o Rio-2016, caso uma das duas finalistas de duas categorias também obtenham a classificação pelos critérios do Campeonato Mundial Feminino, que ocorre daqui 2 meses em Astana, no Cazaquistão.

Comentários