Notícias

Publicado em 02 de Abril de 2016 às 23h:40

Adamek e Helenius derrotados na Europa

AutorDaniel Leal

Neste sábado, dois grandes combates agitaram a categoria máxima do pugilismo mundial, ambos na Europa. Entre ex-campeões e ex-desafiantes, nenhum dos favoritos se salvou...

Adamek perde para Molina em casa

O antigo monarca dos meio-pesados e cruzadores, Thomasz Adamek (50-5, 30 ko’s) dominava o confronto diante do americano Eric Molina (25-3, 19 ko’s) na Tauron Arena, na Cracóvia, Polônia, quando foi surpreendido por uma direita espetacular no décimo assalto, sem chances de recuperação.

Esta era a grande chance do polonês para voltar aos rankings após série muito irregular na carreira. A contenda valia o cinturão Intercontinental dos pesados pela FIB, e o detentor do mesmo, via de regra, aparece muito bem nos rankings desta entidade após sua conquista. Além de deixar este título para trás, Adamek soma a terceira derrota seguida em suas últimas quatro apresentações. Talvez tenha sido o canto do cisne para ele.

Já Molina  soma seu segundo êxito consecutivo após ser batido por Deontay Wilder, em Junho de 2015, quando disputou o boldrié mundial do CMB.

Na Finlândia, Helenius deixa escapar título de Prata do Conselho Mundial de Boxe para Duhaupas

O francês Johann Duhaupas (34-3, 21 ko’s) é mais um a recuperar-se bem da derrota em disputa mundialista para Wilder. Em Fevereiro ele bateu Marcelo Nascimento, por pontos, e hoje foi até a casa do até então invicto, Robert Helenius (22-1, 13 ko’s) para nocauteá-lo e, de quebra, conquistar o cinturão “Silver” dos pesados pelo CMB.

Johann colocou o Helenius na lona durante o quarto assalto e voltou á fazê-lo ao final do sexto, de forma derradeira. Robert demorou alguns minutos para, finalmente, levantar-se. Além de bater o favorito, Duhaupas agora deve ocupar o posto de desafiante obrigatório no ranking do Conselho Mundial de Boxe, voltando á linha de sucessão desta organização. O evento aconteceu em Helsinque, na Hartwall Arena.

Comentários