Notícias

Publicado em 11 de Abril de 2016 às 21h:53

Jun Long bate Arias no segundo assalto

AutorLuigi F.

Imagem: Reprodução / Twitter

Em combate realizado hoje, o peso pesado local Zhang Jun Long (13-0, 13 KOs) derrotou o brasileiro George Arias (56-16, 42 KOs) na luta principal do evento realizado em Jinghong, na China. Lutando diante de seu público, Jun Long manteve o cartel perfeito com 13 lutas e 13 vitórias por nocaute ao bater Arias por nocaute técnico no segundo assalto.

De acordo com Arias, golpes sofridos na costela acabaram abrindo a vitória para Jun Long. Vale ressaltar que o brasileiro comentara que havia sentido a costela durante os treinamentos para a luta.

“Não fui bem e perdi no 2º round. Senti a costela, e acabei caindo três vezes, até o árbitro interromper. O chinês tem a mão pesada, mas acredito que ele não aguentaria os 12 rounds. O primeiro assalto foi bastante movimentado, trocamos golpes e eu consegui me soltar mais. Acredito que ele cansaria com o passar da luta, caso eu não tivesse a costela”, contou George Arias, comentando sobre os detalhes do embate realizado hoje mais cedo.

Com a vitória, o boxeador chinês conquistou o cinturão continental da Oceania, versão AMB, na categoria máxima. Foi a segunda vitória de Jun Long em 2016, visto que em janeiro ele havia batido o argentino Juan Pedro Guglielmetti.

Este foi o quarto revés consecutivo na carreira do boxeador paulista, algo inédito em seus 20 anos de carreira profissional. Campeão brasileiro desde 1998, Arias não era derrotado pela via rápida desde 2005, quando fora nocauteado pelo cubano Juan Carlos Gomez. Ainda sem saber quais serão seus próximos passos na carreira, Arias retorna para o Brasil no próximo dia 14, quinta-feira.

Comentários