Notícias

Publicado em 14 de Abril de 2016 às 21h:02

Carlos Falcão luta nesse sábado, na Hungria

Foto do autor

Autor Daniel Leal

Brasileiro enfrentará adversário invicto em Budapeste em sua segunda jornada no exterior

Após vencer Rodrigo Nocaute, em Março, na preliminar do evento em que Yamaguchi Falcão conquistou o cetro latino dos médios, na cidade de Santos, o cruzador Carlos “Falcão” Nascimento (13-2, 9 ko's) está pronto para tentar performar novamente fora do Brasil. Na última vez em que pisou em solo estrangeiro para boxear, Falcão não teve muita sorte diante de Mateusz Masternak, pugilista muito mais experiente, em combate ocorrido na Alemanha, em Setembro de 2015. Na ocasião o brasileiro acabou sofrendo derrota por nocaute técnico durante o segundo round.

Neste sábado, dia 16, no Millenaris Theater, em Budapeste, Hungria, Carlos terá diante de si o invicto atleta local, Imre Szello (11-0, 7 ko's). Diferente do embate contra Masternak, em que estava em jogo o cinturão AMB Inter-Continental, não será um título internacional que motiva Falcão e sim seu adversário, cuja carreira amadora é bastante extensa – com 320 lutas reportadas, sendo 275 vitórias, e sobre o qual um hipotético êxito o elevaria a novo patamar.

“Ele foi um atleta olímpico, lutou a WSB (Nota: liga profissional da AIBA), estudei bastante a defesa e ataque dele. Me preparei bem, pretendo fazer uma boa luta. Expectativa é fazer uma ótima luta e sair com a vitória” - declarou o boxeador brasileiro ao Round13  diretamente do país do confronto, aonde já se encontra, através de Patrick Nascimento, seu representante e responsável pela negociação.

Sem dúvidas que Szello é o favorito, até pelo fato de lutar em casa, nunca ter sido derrotado e já ter sólida carreira profissional, ainda que iniciada há menos de dois anos. Por isso que uma vitória de Carlos Falcão seria ainda maior e mais importante para seu futuro. Infelizmente, não há confirmação ainda de transmissão do evento para o Brasil, até o momento.

Comentários