Notícias

Publicado em 23 de Abril de 2016 às 14h:22

Donaire vence Bedak no 3º round

Foto do autor

Autor Luigi F.

Donaire (centro) comemora vitória. Imagem: Masa Ueda / Reprodução: Instagram / @thefilipinoflash

Em embate encerrado há pouco em Cebu City, nas Filipinas, o lutador local Nonito Donaire (37-3, 24 KOs) defendeu com sucesso seu boldrié de campeão mundial na categoria dos super-galos, versão OMB, ao bater o húngaro Zsolt Bedak (25-2, 8 KOs).

Segundo principal nome de seu país na nobre arte, atrás apenas de Manny Pacquiao, Donaire não deu chances ao pugilista europeu. Após impor dois knockdowns a seu desafiante no segundo giro, Nonito consumiu a fatura no assalto seguinte, quando após derrubar novamente Bedak, o árbitro Russell Mora optou por encerrar a contenda.

Foi a primeira defesa de cinturão do “The Filipino Flash”, e também sua quarta vitória consecutiva. O último revés de Donaire ocorreu em outubro de 2014, quando tentou subir para a categoria dos penas, mas acabou suplantado por Nicholas Walters.

Na principal preliminar, o filipino Mark Magsayo (14-0, 11 KOs) e o estadunidense Chris Avalos (26-5, 19 KOs) fizeram um duelo interessante e bastante movimentado. Magsayo, de apenas 20 anos, chegou a sofrer uma queda no terceiro giro, mas conseguiu inverter os papéis a partir do quinto giro. Após pressionar Avalos, no quinto e sexto rounds, o corner do norte-americano jogou a toalha quando o relógio marcava 1 minuto e 55 segundos transcorridos no sexto assalto. Além de obter a principal vitória da carreira, Magsayo conquistou o cinturão internacional da OMB pelos penas, e em breve deverá figurar no ranking da entidade.

Em outro embate da programação, o australiano Paul Fleming (22-0, 14 KOs) manteve a invencibilidade e conquistou o cinto Continental das Américas pelo CMB ao bater o mexicano Miguel Angel Gonzalez (22-8-1, 12 KOs) por decisão unânime, com scores 97-92 (duas vezes) e 96-93 a seu favor.

O evento não foi transmitido ao Brasil.

Comentários