Notícias

Publicado em 07 de Maio de 2016 às 12h:50

Resultados dos brasileiros no exterior no dia de ontem

Foto do autor

Autor Luigi F.

Infelizmente, os quatro boxeadores de nosso país que se apresentaram nessa sexta acabaram derrotados. 

Avni Yildrim vs Jackson Junior
Local: Huxleys, Berlim, Alemanha

Imagem: Reprodução / YouTube

Em combate realizado na Alemanha e válido pelo cinturão internacional, versão prata, dos meio-pesados pelo CMB, o brasileiro Jackson “Demolidor” Junior (20-6, 18 KOs) acabou superado pelo turco Avni Yildirim (10-0, 6 KOs). Após golpe conectado pelo rival, o brasileiro acabou sofrendo um knockdown no segundo assalto. Sem conseguir se recuperar em tempo hábil, Jackson acabou perdendo pela via rápida.

Jackson, que já foi campeão latino pela OMB entre 2012 e 2013, além de ter derrotado seus principais rivais nacionais ao longo da carreira, como Pedro Otas e Marcus Vinicius “Ratinho” de Oliveira, fez sua primeira luta na temporada de 2016. O talentoso brasileiro, que venceu suas duas primeiras lutas realizadas no exterior, acabou derrotado nas últimas seis vezes que combateu fora de terras tupiniquins.

“Treinamos duro, mas faltou um pouco de frieza para seguir a estratégia. Agora é esfriar a cabeça para pensarmos com calma qual será o próximo passo. Mas estaremos sempre juntos, na derrota ou na vitória, e ainda iremos surpreender. Na próxima entraremos mais calculistas. O Jackson é talentoso. Foi um golpe doloroso, mas voltaremos mais fortes do que nunca”, declarou R. Thamer, empresário de Jackson, ao Round13.

“Foi inesperado. Tivemos um bom começo de primeiro round, mas uma mão boa pegou, e aí ele se empolgou e fugiu do gameplan. O Jackson está triste, mas bem fisicamente e sem lesões. A única coisa que ele está se cobrando é que ele sabe que precisa treinar mais. Ter mais tempo de preparação quando é chamado para lutar fora. Foi um camp bom, mas trabalhamos em cima de uma estratégia, não tivemos tempo de alinhar detalhes da parte física, fundamentos e treinamentos de base pelo curto espaço de tempo. O cara trabalha 8 horas por dia, dá aulas e ainda tem que se virar para treinar do jeito que der. Fica sempre aquele sentimento de que se tivéssemos o apoio necessário o resultado seria diferente. Enquanto nossos atletas não tiverem as mesmas oportunidades que os adversários deles possuem, ninguém pode cobrar resultados”, comentou Bruno Rissi Coelho, pugilista profissional que acompanhou Jackson na Alemanha no lugar de Ivan de Oliveira, o “Pitu”, treinador do brasileiro que não pode viajar por questões pessoais.

Ruslan Fayfer vs Gilberto Matheus Domingos
Local: Gymnase du Lycee Technique de Mônaco, Monte Carlo, Mônaco

Imagem: Arquivo pessoal / Mike Miranda

O pesado paulista Gilberto Matheus (23-6, 21 KOs) foi nocauteado pelo russo Ruslan Fayfer (15-0, 10 KOs) no segundo assalto. Fazendo sua terceira luta consecutiva no exterior, Gilberto não conseguiu se recuperar de um duro golpe do rival, e também acabou derrotado pela via rápida.

O brasileiro foi levado à Mônaco pelo boxeador e promotor Mike Miranda. A próxima luta de Gilberto deverá ocorrer no dia 4 de junho, contra Fabio Garrido, em Osasco, numa das preliminares do evento que terá como combate de fundo o confronto entre os pesados Raphael Zumbano “Love” e Laudelino Barros, o “Lino”.

Germán Argentino Benítez vs Leandro Mendes Pinto
Local: Garín, Buenos Aires, Argentina

Imagem: El Día de Escobar

Na cidade de Garín, região metropolitana de Buenos Aires, o pugilista local Germán Benítez (16-0, 8 KOs) manteve a invencibilidade e o cinturão interino de campeão latino dos leves pela OMB ao superar o gaúcho Leandro Mendes Pinto (19-9-2, 9 KOs), o “Nando”, por decisão unânime.

Com scores de 100-89 e duplo 98-91, Benítez conseguiu fazer a primeira defesa de seu boldrié. O argentino, apelidado de “El Correntino”, havia conquistado a honraria em março, ao nocautear seu compatriota Horácio Cabral. Já Nando, por sua vez, acabou sofrendo o segundo revés seguido na carreira. Em janeiro, o brasileiro havia perdido para Matías Rueda, também na Argentina. Mendes, oriundo da cidade de Pelotas, já fez nove lutas no país vizinho, tendo vencido em três oportunidades.

Michel Mothmora vs John Anderson Carvalho
Local: Matoury, Guiana Francesa

Imagem: Hervé Delannon / la1ere.francetvinfo.fr

Lutando na Guiana Francesa, o brasileiro John Anderson Carvalho (24-6-2, 14 KOs) foi suplantado pelo francês Michel Mothmora (29-24, 10 KOs) em duelo válido pelo cinturão de campeão mundial dos médios da Federação Mundial de Boxe, entidade que não figura no hall dos principais organismos que regem o esporte a nível mundial. De acordo com a mídia internacional, a vitória de Mothmora ocorreu por decisão unânime, com triplo 117-111 a favor do lutador francês. 

Comentários