Notícias

Publicado em 07 de Maio de 2016 às 22h:27

Patrick Teixeira é facilmente vencido

AutorDaniel Leal

Brasileiro foi nocauteado no segundo round por Curtis Stevens e pode ter jogado fora grande chance na carreira

O catarinense Patrick Teixeira (26-1, 22 ko's) foi duramente derrotado pelo norte-americano Curtis Stevens (28-5, 21 ko's). Irreconhecível desde o soar do gongo, o brasileiro estava sendo facilmente acertado pelos contragolpes de Stevens e sendo pouco agressivo, o que é incomum para seus padrões. Após sentir um jab no primeiro giro, o lutador tupiniquim, tomando golpes fortes de forma limpa todo o tempo, não se recuperou de um knockdown sofrido na segunda passagem, e o árbitro Tony Weeks encerrou as ações.

Segundo o jornalista Wilson Baldini Jr., que comenta a transmissão pelo Fox Sports nesta noite, Patrick teria entrado no ringue com uma lesão no ombro direito. Segundo o mesmo, nem Oscar De La Hoya, promotor de Teixeira, sabia da mesma, que era passível de cancelamento da contenda. Se isto for verdade, é uma revelação grave. Claro que a equipe e o pugilista não queriam jogar fora esta oportunidade de lutar na estreia da T-Mobile Arena, em Las Vegas, numa preliminar desta magnitude, mas, talvez fosse melhor o adiamento.

Sendo este fator responsável, ou não, pela derrota do melhor pugilista nacional na atualidade, a frustração nos fãs do esporte em nosso país, sem dúvida, será fortíssima, uma vez que Patrick estava tão próximo do sonhado título mundial e esta era a luta mais importante para nosso pugilismo, nesta década.

Comentários