Notícias

Publicado em 11 de Maio de 2016 às 22h:30

Joaquim Carneiro luta na Inglaterra contra bielorrusso

AutorLuigi F.

Joaquim Carneiro (Imagem: Daniel Cork @i_dcork1) e Kiryl Relikh (Imagem: thetitlefight.com)

Em programação a ser realizada na cidade de Bolton, na Inglaterra, o brasileiro Joaquim Carneiro (23-7, 21 KOs) tentará obter a primeira vitória na carreira no exterior contra o bielorrusso Kiryl Relikh (20-0, 18 KOs). O evento ocorrerá nesta sexta-feira, e será válido pelo cinturão intercontinental da AMB pelos super-leves.

O cearense, que no final de 2013 sofreu um grave acidente de moto, chegou a ficar 1 ano e meia afastado, retornando em abril do ano passado. Em 2015, lutou apenas no Brasil, vencendo todas.  Já na temporada de 2016, “La Calle” fará sua terceira luta. Em janeiro, ele acabou derrotado por Zhankhozh Turarov, em Nova York; já em abril, se apresentou em São Paulo, onde derrotou Lindomarcos Souza.

Esta será a oitava luta de Carneiro fora de solo nacional. Das sete derrotas sofridas no exterior, três vieram por pontos e quatro pela via rápida. Para o confronto na Inglaterra, Joaquim veio a São Paulo, capital, onde fez sua preparação junto a Peter Venâncio.

“Sei que ele é um adversário duro, com boa pegada. Será um título intercontinental da AMB. Estou confiante em fazer uma boa luta, bem focado e preparado. Treinei com o Peter em São Paulo, e ele puxou bastante o ritmo dos treinos. Eu treinei com o Peter antes de minhas melhores lutas fora, que foram na Itália, Rússia e Portugal. Meu maior desafio é ganhar uma luta fora do Brasil, e vou com tudo pra conseguir”, declarou o brasileiro com exclusividade ao Round13.


Joaquim e Peter Venâncio. Imagem: Arquivo pessoal / Reprodução Instagram

Relikh, por sua vez, é treinado por Ricky Hatton, e é apontado pelo inglês como um promissor nome da categoria. Sem lutar desde outubro do ano passado, quando bateu o argentino Christian Ariel Lopez, o bielorrusso já enfrentou outro brasileiro em sua carreira profissional. Em maio de 2015, ele derrotou Lazaro de Jesus, o “Grilo”, por nocaute técnico, em duelo válido pelo então cinturão intercontinental vago da AMB.

De acordo com Joaquim Carneiro, as negociações para que lutasse em Bolton foram intermediadas pelo argentino Juan Pablo Manfredi. Até o momento, não há qualquer confirmação de transmissão desse evento para o Brasil.

Comentários