Notícias

Publicado em 13 de Junho de 2016 às 16h:36

Wilder escolhe Chris Arreola como seu próximo adversário

AutorDaniel Leal

Enquanto indefinição permanece a respeito de disputa contra Alexander Povetkin, o campeão dos pesados pelo CMB foi autorizado a realizar defesa opcional de seu cinturão, o que acontecerá em Julho.

O detentor do boldrié da categoria máxima do pugilismo mundial pelo Conselho Mundial de Boxe, Deontay “The Bronze Bomber” Wilder (36-0, 35 ko's) combateria Alexander Povetkin no mês passado. Como é sabido, devido a irregularidades nos testes de sangue do russo, o campeão foi autorizado à fazer defesa não-obrigatória de seu título enquanto a contraprova (que saiu negativa) e uma definição da entidade não são fixadas. Sendo assim, Wilder e seu staff já definiriam o nome para este confronto: Chris “The Nightmare” Arreola (36-4-1, 31 ko's).

Arreola terá, portanto, a terceira chance de conquistar o cinto do CMB nos pesos-pesados. Ele foi batido por Vitali Klitschko, em 2009, e por Bermane Stiverne, em 2014, nas duas tentativas frustradas de arrebatar esta coroa. A derrota para Stiverne, aliás, foi sua última até hoje. Desde então performou três vezes, vencendo duas e empatando uma. Curiosamente, no entanto, sua última contenda, cujo resultado havia sido um êxito por decisão majoritária diante de Travis Kauffman em Dezembro, foi transformada em “Sem decisão”, exatamente por problemas de dopping – Chirs foi pego, pela segunda vez, pelo uso de maconha.

Wilder consegue um oponente legítimo, valente, porém em um momento não muito favorável. Pelas circunstâncias, é até perdoável que Arreola tenha sido selecionado às pressas, o que não elimina a necessidade de Deontay provar-se diante de desafios maiores na sequência, coisa que está devendo desde que tornou-se um monarca na divisão mais nobre do esporte de luvas.

Comentários