Notícias

Publicado em 16 de Junho de 2016 às 07h:35

Brasil busca mais 3 vagas olímpicas em Baku

Foto do autor

Autor Luigi F.

Imagem: CBBoxe

Está previsto para o dia de hoje o início do Torneio Pré-Olímpico Mundial Final, que ocorrerá até o dia 25 deste mês na cidade de Baku, no Azerbaijão. A competição, que contará com 469 pugilistas de 105 países diferentes, terá em jogo 39 vagas para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, que ocorrerão no próximo mês de agosto.

A delegação brasileira contará com três boxeadores: Roberto Custódio, na categoria até 69 kg; Pedro Lima, na categoria até 75 kg; e Rafael Lima, na categoria +91 kg.

Roberto Custódio, de 29 anos, tenta a vaga nos meio-médios. Tendo como principais conquistas internacionais no currículo um bronze nos Jogos Sul-Americanos de Santiago (2014), além das medalhas de ouro no Campeonato Continental Pan-americano de Santiago (2013) e Copa do Pacífico de Guayaquil (2012), e um recém conquistado bronze no Torneio Giraldo Cordova Cardin, realizado em Cuba no início deste mês, o carioca pode obter a vaga para competir nas Olimpíadas em casa desde que consiga se classificar entre os cinco primeiros do Pré-Olímpico.

Já o baiano Pedro Lima, medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro em 2007, conquistou uma prata no Geraldo Cardin no começo de junho. Pedro, que retornou à seleção em fevereiro deste ano, após Myke Carvalho, que era o titular da categoria dos médios, quebrar o braço durante um campeonato, não conseguiu obter a vaga no Pré-Olímpico das Américas, realizado em março. Assim como Roberto Custódio, “Peu” também se classificará para o Rio-2016 caso termine o torneio de Baku entre os cinco primeiros.

Enquanto isso, o paraense Rafael Lima, de 32 anos, tem pela frente um caminho mais desafiador. Para ele, apenas a 1ª colocação no Pré-Olímpico interessa, visto que, nos superpesados, somente o campeão do torneio se classificará para os Jogos do Rio. Com medalhas de bronze nos Jogos Pan-americanos do Rio (2007) e de Toronto (2015), Rafael foi também campeão nos Jogos Mundiais Militares de 2011, realizados no Brasil, e é um dos atletas mais experientes da delegação nacional.

Vale lembrar que das dez categorias olímpicas masculinas de open boxe, o Brasil já possui representantes em sete: Patrick Lourenço, Julião Neto, Robenílson de Jesus, Robson Conceição, Joedison Teixeira, Michel Borges e Juan Nogueira. Já no boxe feminino, das três vagas disponíveis, o Brasil terá duas boxeadoras. Adriana Araujo e Andreia Bandeira representarão nosso país nos Jogos. Para fins comparativos, em Londres-2012 nosso país contou com 10 representantes ao todo, sendo 7 homens e 3 mulheres.

Após o final da competição de Baku, restarão 26 vagas que serão disputadas no Pré-Olímpico da APB/WSB, que acontecerá entre os dias 3 a 8 de julho, na cidade de Vargas, Venezuela. Nessa disputa, a polêmica participação de boxeadores profissionais será liberada. Além disso, haverá mais 8 vagas (cinco masculinas e três femininas) que serão distribuídas através de convites da Comissão Tripartite, formada pelo Comitê Olímpico Internacional, Associação de Comitês Olímpicos Nacionais e a AIBA. Caso os convites não sejam distribuídos, as vagas serão realocadas para o próximo lutador ranqueado no Pré-Olímpico de Baku e que ainda não tenha se classificado.

Comentários