Notícias

Publicado em 08 de Julho de 2016 às 07h:27

Cosme Nascimento é superado por venezuelano no Pré-Olímpico da APB/WSB

Foto do autor

Autor Luigi F.

Cosme (azul) foi derrotado por Mata (vermelho) nas semifinais. Imagem: AIBA / Reprodução / Facebook

Infelizmente, o superpesado brasileiro Cosme Henrique Nascimento acabou derrotado no dia de ontem pelo venezuelano Edgar Ramon Muñoz Mata, em embate válido pelas semifinais do Evento Classificatório da APB/WSB. Com o resultado, Cosme não possui mais chances de classificação para as Olimpíadas do Rio de Janeiro, que se iniciam no mês que vem.

O combate, que foi o penúltimo da rodada matutina de ontem das semifinais, acabou vencido por Mata por 3:0, com os três juízes apontando o venezuelano como vencedor por 29 a 28. Na final, o pugilista irá enfrentar o ucraniano Rostyslav Arkhypnko, que derrotou o chinês Haipeng MU também nesta quinta-feira.

“O torneio foi bem elaborado e bem organizado, no mesmo nível dos grandes eventos que a AIBA realiza. Não julgo que minha participação foi boa. Eu teria vencido o combate de hoje se tivesse ocorrido num país neutro, mas hoje tive que lutar contra meu adversário no ringue e contra o povo no ginásio. Mas isso não vem ao caso, pois independentemente do resultado tendo favorecido ou não meu oponente, não estarei nos Jogos Olímpicos, sendo que esse era meu grande objetivo”, declarou Cosme com exclusividade ao Round13, em conversa realizada ontem à tarde.

Mesmo com o resultado, o superpesado mandou uma mensagem positiva a seus colegas de seleção que estão classificados para o Rio-2016. “Desejo aos meus amigos que irão representar nosso país nos Jogos que tenham muita sorte e fé. Eu vou estar na torcida, e torcendo de verdade. Energia positiva a todos vocês. Faltam poucos dias”, finalizou o pugilista.


Mata (vermelho) tem o braço levantado, após derrotar o brasileiro Cosme Nascimento (azul) nas semifinais. Imagem: AIBA / Reprodução / Facebook

Dessa forma, a delegação brasileira segue com 9 boxeadores classificados para as Olimpíadas do Rio de Janeiro: Patrick Lourenço, Julião Neto, Robenílson de Jesus, Robson Conceição, Joedison Teixeira, Michel Borges, Juan Nogueira, Adriana Araujo e Andreia Bandeira terão a honra de disputar a mais importante competição internacional em solo tupiniquim. Vale lembrar que além dos 26 lutadores que se classificarão na disputa do Pré-Olímpico da Venezuela, restarão 5 vagas masculinas (uma para cada categoria entre os galos e médios), que serão distribuídas através de convites da Comissão Tripartite, formada pelo Comitê Olímpico Internacional, Associação de Comitês Olímpicos Nacionais e a AIBA. Caso os convites não sejam distribuídos, as vagas serão realocadas para o próximo lutador ranqueado no Pré-Olímpico de Baku e que ainda não tenha se classificado.

Enquanto isso, os lutadores não-ligados à AIBA de melhor currículo no profissionalismo conseguiram passar pelas semifinais, e estarão nos Jogos Olímpicos do Rio. Na divisão dos leves (60 kg), o tailandês Amnat Ruenroeng superou o italiano Carmine Tommasone por 3:0, e irá enfrentar o mexicano Lindolfo Delgado na grande final. Já o camaronês Hassan N’Dam N’Jikam passou pelo ucraniano Denys Solonenko, também por 3:0, e agora encara o colombiano Juan Carlos Carrillo Palacio na finalíssima da categoria até 81 kg.

Apesar do resultado positivo das duas principais “estrelas” profissionais do torneio, apenas mais 3 entre os mais de 20 lutadores não-vinculados à AIBA seguem na briga por uma vaga nos Jogos do Rio. Tommasone tentará a terceira vaga da categoria 60 kg contra o turco Yasin Yilmaz; já o indiano Neeraj Goyat enfrenta o espanhol Youba Sisshokho Ndiaye pela terceira colocação entre os meio-médios, enquanto o argentino Carlos Daniel Aquino encara o ucraniano Volodymir Matviichuk buscando a última vaga entre os super-leves.

Todas as finais e disputas pela terceira colocação ocorrerão no dia de hoje. Para conferir a programação completa, basta clicar aqui.

Comentários