Notícias

Publicado em 09 de Julho de 2016 às 19h:15

Resultados finais do Pré-Olímpico da APB/WSB

Foto do autor

Autor Luigi F.

Imagens: Amnat Runroeng (esquerda), Hassan N'Dam N'Jikam (centro) e o venezuelano Yoel Finol (direita), que foi escolhido o melhor lutador do torneio. Imagens: AIBA / Reprodução / Facebook

Terminou no dia de ontem o Evento Classificatório da APB/WSB, que ocorreu na cidade de Vargas, na Venezuela. A competição, que distribuiu 26 vagas para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, teve o país da casa como o grande “vencedor”, visto que a Venezuela conseguiu emplacar 4 pugilistas entre os classificados para as Olimpíadas.

O superpesado Edgar Ramon Muñoz Mata, que nas semifinais derrotou o brasileiro Cosme Nascimento, bateu o ucraniano Rostyslav Arkhypenko, ficando com a vaga na categoria acima de 91 kg. Além dele, Victor Rodríguez (56 kg), Yoel Finol (52 kg) e Endry Saavedra (75 kg) também carimbaram o passaporte para o Rio. Finol, inclusive, foi eleito o melhor lutador da competição.

Já os principais profissionais não-vinculados à AIBA que optaram por tentar a sorte no torneio garantiram suas vagas ao passarem pelas semifinais, entretanto, acabaram derrotados nas finais por atletas amadores.

O tailandês Amnat Ruenroeng, que lutou na categoria até 60 kg, perdeu por TKO no 2º assalto para o mexicano Lindolfo Delgado, que também se classificou. Ex-campeão mundial dos moscas pela FIB, Ruenroeng terá, no Rio de Janeiro, a companhia de mais um boxeador profissional, visto que o italiano Carmine Tommasone também de classificou na categoria dos leves ao vencer a disputa pela terceira colocação. Vale lembrar que nessa divisão de peso o Brasil possui Robson Conceição classificado.

Enquanto isso, o camaronês Hassan N’Dam N’Jikam não foi páreo para o colombiano Juan Carlos Carrillo, perdendo por 3:0 a final. Além deles, o ucraniano Denys Solonenko obteve a terceira vaga, e também estará no Rio. Na categoria até 81 kg, o representante brasileiro será Michel Borges.

Após a Venezuela, os países com mais lutadores classificados no Evento de Vargas foram México e Equador, cada um com 3 pugilistas. Colômbia, Alemanha e Ucrânia conquistaram 2 vagas, enquanto Argentina, Armênia, Camarões, República Dominicana, Itália, Quênia, Qatar, Espanha, Tailândia e Turquia emplacaram uma vaga cada.

Com o final da competição da APB/WSB, já estão definidos 281 dos 286 lutadores que participarão dos Jogos do Rio-2016. Cazaquistão e Reino Unido são, até o momento, as nações com mais pugilistas classificados: são 12 classificados para cada um deles, entre 13 categorias disponíveis. Azerbaijão, China, França, Rússia e Uzbequistão vêm logo atrás, com 11 lutadores cada um. Já Cuba e Marrocos terão 10 representantes.

A seleção brasileira possui 9 boxeadores classificados: Patrick Lourenço (49 kg), Julião Neto (52 kg), Robenílson de Jesus (56 kg), Robson Conceição (60 kg), Joedison Teixeira (64 kg), Michel Borges (81 kg), Juan Nogueira (91 kg), Adriana Araujo (60 kg) e Andreia Bandeira (75 kg) terão a honra de disputar a mais importante competição internacional em solo tupiniquim.

Vale lembrar que ainda restam 5 vagas masculinas (uma para cada categoria entre os galos e médios), que serão distribuídas através de convites da Comissão Tripartite, formada pelo Comitê Olímpico Internacional, Associação de Comitês Olímpicos Nacionais e a AIBA. Caso os convites não sejam distribuídos, as vagas serão realocadas para o próximo lutador ranqueado no Pré-Olímpico de Baku e que ainda não tenha se classificado.

Comentários