Notícias

Publicado em 14 de Agosto de 2016 às 17h:18

Andreia Bandeira derrota panamenha por decisão dividida e está nas quartas de final!

AutorLuigi F.

Imagem: CorreioPaulista.com

No primeiro embate da sessão da tarde de boxe nos Jogos do Rio-2016, a paulista Andreia Bandeira derrotou a panamenha Atheyna Bylon, e garantiu sua vaga nas quartas de final do torneio feminino até 75 kg.

O duelo, válido pelas oitavas de final da categoria até 75 kg feminina, começou com Bylon lutando na longa distância, tentando usar as maiores altura e envergadura como principais armas. Andreia buscou encurtar, mas sem muito sucesso no giro inicial.

O script se manteve no segundo round, com Bylon sendo feliz nos contragolpes e conectando os melhores golpes da contenda. Vimos a panamenha vencendo os dois primeiros rounds.

No terceiro assalto, o nível técnico da luta como um todo caiu um pouco, mas Andreia conseguiu por mais vezes encontrar a rival, vencendo o round na nossa opinião.

No último giro, novamente Andreia conseguiu encontrar sucesso nas investidas e na tentativa de trazer a luta para o in-fight. Bylon pouco fez a não ser circular pelo ringue tentando encontrar um pouco de fôlego.

No final dos quatro assaltos, vimos 2 rounds para cada atleta, com a luta terminando em 38-38. Dois jurados também viram 38-38, e optaram que Andreia Bandeira foi a vencedora. Já o terceiro juiz viu Bylon superior por 39-37, o que definiu o veredicto de decisão dividida a favor da brasileira.

"Tentei trabalhar os golpes de encontro, que foi o que eu tinha feito no Mundial, quando a derrotei. Cada luta é uma luta e a torcida ajudou bastante a conseguir esse resultado. Tomara que eu lute ainda melhor. Por ser a estreia, fiquei um pouco nervosa, mas se Deus quiser vou conseguir essa medalha", declarou Andreia, em entrevista concedida ao canal SporTV8, logo após o término de sua luta.

Atheyna Bylon, que só se classificou para os Jogos do Rio graças ao convite da Comissão Tripartite, dá adeus à competição. Vale lembrar que a panamenha foi campeã mundial em 2014, na categoria meio-médio (69 kg).

A brasileira e a panamenha já haviam se enfrentado outras duas vezes esse ano. Em abril, na Bolívia, Bylon saiu vitoriosa. A revanche de Bandeira, entretanto, veio no Mundial de Astana, realizado no último mês de maio, com a brasileira vencendo por decisão unânime.

Nas quartas de final, Bandeira terá pela frente a chinesa Qian Li, que ficou de bye nas oitavas de final. Li foi vice-campeã mundial da categoria em 2014, perdendo a final para a estadunidense Claressa Shields, que é apontada como a grande favorita ao ouro olímpico. A luta ocorrerá na próxima quarta-feira, às 15h. A vencedora dessa luta já garante a conquista de uma medalha olímpica.

Daqui a pouco, às 19h, teremos Joedison Teixeira contra o turco Batuhan Gozgec, lutando nas oitavas de final da categoria dos meio-médio-ligeiros. Esta será a quinta luta de boxe do Brasil no dia de hoje. Até o momento, tivemos duas vitórias, com Robson Conceição e Andreia Bandeira, e as derrotas de Robenilson de Jesus e Michel Borges.

A luta de Andreia foi transmitida ao vivo pelo canal SporTV 8, com narração de André Azevedo e comentários de Luciano Andrade. Vale salientar que o canal vem transmitindo a programação do boxe integralmente ao vivo. Até o próximo dia 16 de agosto, o pugilismo será disputado em duas sessões, sendo que a parte da manhã tem início às 11h e a da tarde às 17h. A partir do dia 17, o boxe passa a ocorrer em sessão única, com início às 14h.

Confira, abaixo, a programação completa dos próximos compromissos dos pugilistas brasileiros nas Olimpíadas do Rio de Janeiro.

De Olho nos Brasileiros

Logo mais
19h: Joedison Teixeira vs Batuhan Gozgec (Turquia) – Oitavas de Final - 64 kg

Terça-feira, 16/08/2016
19h15: Robson Conceição vs  vencedor de Otgondalai Dorjnyambuu (Mongólia) vs Sofiane Oumiha (França) – Final – 60 kg.

Quarta-feira, 17/08/2016
15h: Andreia Bandeira vs Qian Li (China) – Quartas de Final – 75 kg feminino
 

Todos os horários informados são referenciados no Horário Oficial de Brasília

Comentários