Notícias

Publicado em 15 de Agosto de 2016 às 23h:15

Boletim Olímpico Round13 #9

Foto do autor

Autor Luigi F.

Imagem: Round13

O dia de hoje foi marcado pela aguardada final dos pesados, as semifinais dos meio-médios, as quartas de final do peso médio masculino e peso leve feminino, além das oitavas de final dos moscas. Apesar de não termos nenhum brasileiro em ação, o dia foi marcado por algumas surpresas e decepções no Pavilhão 6 do Riocentro, arena que vem recebendo a nobre arte nesses Jogos Olímpicos do Rio-2016.

 O dia começou com uma grande surpresa. A irlandesa Katie Taylor, um dos maiores nomes do boxe amador feminino em todos os tempos, foi eliminada logo em sua estreia pela finlandesa Mira Potkonen. Potkonen, que havia eliminado a brasileira Adriana Araujo nas oitavas, bateu Taylor por decisão dividida, e já garantiu uma medalha ao se classificar para as semifinais na categoria até 60 kg feminina. Ela terá pela frente a chinesa Junhua Yin.

Taylor, pentacampeã mundial (2006, 2008, 2010, 2012 e 2014) e atual campeã olímpica, vem numa temporada de resultados duros. Em maio, quando tentava o seu hexacampeonato mundial em Astana, foi eliminada nas semifinais, ficando com o bronze e sofrendo o primeiro revés desde 2011. Com a zebra ocorrida no dia de hoje, a irlandesa retorna para casa com um gosto amargo, sem conseguir nenhuma medalha no Rio.

Já no torneio de moscas entre os homens, os principais destaques da parte da manhã ficaram por conta a vitória do uzbeque Shakhobidin Zoirov sobre o estadunidense Antonio Vargas e o sucesso do venezuelano Yoel Finol sobre o britânico Muhammad Ali. Zoirov fez uma luta bastante superior, eliminando o algoz do brasileiro Julião Neto da competição. Já Finol, que é ex-cunhado do falecido pugilista Edwin Valero, foi eleito o melhor atleta do Pré-Olímpico da APB/WSB no mês passado, e vem fazendo um bom torneio até agora. Ambos se classificaram para as quartas de final, que ocorrerão na próxima quarta-feira.

Entre os meio-médios, foi o dia de definição dos finalistas. Shakhram Giyasov, do Uzbequistão, e Daniyar Yeleussinov, do Cazaquistão, farão a grande final na próxima quarta. Eles derrotaram, nas semis, o marroquino Mohammed Rabii e o francês Souleymane Cissokho, respectivamente.

O destaque negativo do dia ficou por conta da vergonhosa decisão dos juízes na grande final entre os pesados. No combate entre o russo Evgeny Tishchenko e o cazaque Vassiliy Levit, os jurados assinalaram uma vitória unânime a favor de Tishchenko, que havia eliminado o brasileiro Juan Nogueira nas oitavas. Apesar de não ter mostrado um boxe vistoso, Levit usou uma tática de abafar o russo, pressionando e acertando os melhores golpes. Conseguindo anular a vantagem de altura e envergadura de Evgeny, vimos Levit vencendo claramente o primeiro e o terceiro rounds. Dessa forma, na nossa opinião, o cazaque deveria ter saído com o ouro.

Assim que o anúncio a favor de Tishchenko foi feito, muitas vaias tomaram conta do ginásio. Conversamos com Daniel Fucs, comentarista do SporTV, que relatou que as vaias e xingamentos aos juízes persistiram por um bom tempo após o término da luta. É simplesmente absurdo que algo assim ocorra numa final olímpica.

Você pode conferir os resultados completos do dia de ontem no site oficial das Olimpíadas, clicando aqui.

Os Destaques de Amanhã

Amanhã teremos a grande final da categoria leve, as semifinais dos meio-pesados, as quartas de final pesos galo masculino, meio-médio-ligeiro masculino, superpesado masculino e mosca feminino. Obviamente, as nossas atenções estarão voltadas para Robson Conceição, que buscará o inédito ouro às 19h15 diante do francês Sofiane Oumiha.

Confira abaixo os principais destaques de amanhã:

11h: Nicola Adams (Reino Unido) vs Tetyana Kob (Ucrânia) – 51 kg feminino. Adams é a favorita na categoria. Atual campeã mundial e olímpica, a britânica soma também 3 vice-campeonatos mundiais na carreira.

11h45: Tsendbaatar Erdenebat (Mongólia) vs Shakur Stevenson (EUA) – 56 kg. Em combate válido por medalha, o prospecto pugilista estadunidense de apenas 19 anos enfrenta o atleta da Mongólia. Stevenson, que eliminou o brasileiro Robenilson de Jesus, foi campeão olímpico e amador como juvenil e é apontado pela mídia de seu país como um dos principais nomes da nova geração da terra do Tio Sam.

12h30: Julio Cesar La Cruz (Cuba) vs Mathieu Bauderlique (França) – 81 kg. Embalado pela vitória sobre o brasileiro Michel Borges, La Cruz tenta chegar a primeira final olímpica da carreira. O atual tricampeão mundial da categoria terá pela frente o francês, que nas quartas nocauteou o equatoriano Carlos Andres Mina.

18h30: Joshua Buatsi (Reino Unido) vs Adilbek Niyazymbetov (Cazaquistao) – 81 kg. Na segunda semifinal dos meio-pesados, o cazaque terá pela frente uma das sensações das Olimpíadas até o momento. Buatsi tem chamado a atenção pela forte pegada, tendo nocauteado dois adversários na trajetória até a semi.

19h15: BRASIL LUTA PELO OURO! Final 60 kg: Robson Conceição (Brasil) vs Sofiane Oumiha (França) – 60 kg. Na grande final da categoria, o Brasil chega a sua segunda final olímpica na história. O baiano Robson Conceição terá pela frente o francês Sofiane Oumiha. Momento histórico para o boxe brasileiro no maior evento esportivo já realizado em solo nacional. Amanhã faremos uma matéria especial sobre o aguardado confronto. Não deixem de conferir!

Você pode conferir a agenda completa de hoje no site oficial do Rio-2016, clicando aqui.

De Olho nos Brasileiros

Amanhã, 16/08/2016
19h15: Robson Conceição vs Sofiane Oumiha (França) – Final – 60 kg.

Quarta-feira, 17/08/2016
15h: Andreia Bandeira vs Qian Li (China) – Quartas de Final – 75 kg feminino
 

Todos os horários informados são referenciados no Horário Oficial de Brasília

Comentários