Notícias

Publicado em 18 de Agosto de 2016 às 22h:01

Boletim Olímpico Round13 #12

Foto do autor

Autor Luigi F.

Imagem: Round13
Imagem Compartilhada no Facebook: AIBA / Divulgação

Hoje tivemos a final dos meio-pesados, além das semifinais do mosca feminino, médio masculino e galo masculino, num dia marcado principalmente pela conquista da primeira medalha de ouro de Cuba nos Jogos do Rio-2016.

O dia começou com a definição das finalistas da categoria mosca feminino. A britânica Nicola Adams, atual campeã olímpica e mundial, enfrentará a francesa Sarah Ourahmoune. Elas passaram pela chinesa Ren Cancan e pela colombiana Ingrit Valencia Victoria, respectivamente. Cancan e Victoria conquistaram a medalha de bronze. Já Adams e Ourahmoune disputarão a grande final no próximo sábado.

Já entre os galos masculinos, a final promete grandes emoções. Shakur Stevenson, dos EUA, se classificou após o russo Vladimir Nikitin não lutar, visto que não conseguiu se recuperar das lesões sofridas nas lutas anteriores. Stevenson, que é considerado um dos grandes prospectos dos EUA e possui bastante atenção da mídia de seu país, terá pela frente o cubano Robeisy Ramirez, atual campeão olímpico. Ramirez passou pelo uzbeque Murodjon Akhmadaliev por decisão unânime. A final também ocorrerá no sábado.

Nos médios, o cubano Arlen Lopez, atual campeão mundial, enfrentará o uzbeque Bektemir Melikuziev. Lopez venceu, no dia de hoje, o azerbaijano Kamran Shakhsuvarly, enquanto Melikuziev passou pelo mexicano Misael Rodriguez. Os rivais se enfrentarão também no próximo dia 20.

Por fim, no último embate da programação do dia de hoje, o cubano Julio Cesar La Cruz passou com tranquilidade pelo cazaque Adilbek Niyazymbetov, vencendo por decisão unânime. Vimos La Cruz vencendo todos os assaltos, e impondo um tranquilo domínio utilizando-se muito bem das suas características esquivas e jogo de pernas. Vale lembrar que o cubano, que é tricampeão mundial, conquistou uma medalha olímpica pela primeira vez. Em 2012, ele foi eliminado pelo brasileiro Yamaguchi Falcão nas quartas de final, amargando a eliminação sem subir ao pódio londrino. Dessa vez, no Brasil, ele não só garantiu o ouro, como foi o responsável pelo primeiro ouro de seu país no boxe no Rio-2016.

Até o momento, o Cazaquistão lidera o quadro de medalhas provisório do boxe na edição dos Jogos de 2016, com um ouro e duas pratas, seguido por Uzbequistão (um ouro, uma prata e um bronze) e Cuba (um ouro e três bronzes). O Brasil segue em quinto lugar, com o ouro de Robson Conceição.

Você pode conferir os resultados completos do dia de hoje no site oficial das Olimpíadas, clicando aqui.

Os Destaques de Amanhã

Amanhã teremos a final do peso leve feminino, e as semifinais pesos mosca masculino, meio-médio-ligeiro masculino, superpesado masculino e médio feminino. Mais um dia de lutas decisivas numa programação bastante interessante no Pavilhão 6 do Riocentro.

Confira abaixo os principais destaques do dia:

14h: Semifinais 52 kg. O uzbeque Shakhobidin Zoirov enfrenta o venezuelano Yoel Segundo Finol. O combate é bastante aguardado, e os dois boxeadores têm mostrado boas qualidades até aqui. O vencedor enfrentará, na final, o ganhador do confronto entre o russo Misha Aloian e o chinês Hu Jianguan.

14h30: Semifinais 64 kg. O russo Vitaly Dunaytsev, atual campeão mundial, reeditará a final do Mundial de Doha contra o uzbeque Fazliddin Gaibnazarov. Já na outra semifinal, um confronto de boxeadores naturalizados. O armênio naturalizado alemão Artem Harutyunyan enfrentará o cubano naturalizado azerbaijano Lorenzo Sotomayor Collazo.

15h: Semifinais +91 kg. O superpesado francês Tony Yoka, atual campeão mundial, encara o atual campeão europeu, o croata Filip Hrgovic. Já no outro confronto valendo vaga na final, o britânico Joe Joyce, medalhista de bronze no último mundial, divide o quadrilátero de cordas com o cazaque Ivan Dychko, que possui três medalhas em mundiais (pratas em 2015 e 2013, e bronze em 2011) e um bronze nos últimos Jogos.

15h30: Semifinais 75 kg feminino. Grande sensação do boxe estadunidense feminino, Claressa “T-Rex” Shields luta contra a cazaque Dariga Shakimova. Atual campeã olímpica e bicampeã mundial, Shields possui cartel amador de 75-1, e é a grande favorita ao ouro. Na outra semifinal, a chinesa Qian Li, algoz de Andreia Bandeira, enfrenta a holandesa Nouchka Fontijn,

14h: Final 60 kg feminino. A atual campeã mundial, a francesa Estelle Mossely, tenta conquistar o primeiro ouro de seu país na nobre arte no Rio-2016 e também sua primeira medalha de ouro olímpica. Ela terá pela frente a chinesa Yin Junhua, que tenta a primeira grande conquista da carreira.

Você pode conferir a agenda completa de amanhã no site oficial do Rio-2016, clicando aqui.


Todos os horários informados são referenciados no Horário Oficial de Brasília

Comentários