Notícias

Publicado em 22 de Agosto de 2016 às 17h:01

Spence vence por nocaute, manda adversário para o hospital e torna-se desafiante número #1 ao título dos meio-médios pela FIB

AutorDaniel Leal

Norte-americano, tido como grande promessa da categoria, despachou Leonard Bundu para garantir lugar como adversário obrigatório do atual campeão Kell Brook. No entanto, será que Brook voltará a baixar de peso para defender sua cinta após combater Gennady Golovkin? (Imagem: Ryan Greene/Premiere Boxing Champions)

Neste domingo, no Anfiteatro da Ford, em Cone Island, Nova Iorque, uma das maiores promessas da atualidade, Errol Spence Jr. (21-0, 18 ko's), mais uma vez mostrou seu valor e habilidade ao suplantar Leonard Bundu (33-2-2, 12 ko's), pugilista de Serra Leoa, radicado na Itália. Spence precisou de apenas seis rounds para vencer Bundu pela via rápida, feito que ninguém antes havia conseguido. Vale lembrar que Leonard disputou o título interino da AMB pertencente, então, à Keith Thurman, sendo batido apenas nos pontos.

Após levar o oponente a lona com um golpe no corpo, Errol partiu com tudo para finalizar o combate, deixando seu adversário desacordado próximo às cordas aos 2:06 minutos do sexto assalto. Bundu teve de ser levado ao hospital para procedimentos de precaução dada a violência com que sofreu o revés.

Com o êxito deste final de semana, Errol Spence Jr. agora é o desafiante mandatório pelo cinturão da Federação Internacional de Boxe, hoje nas mãos do britânico e também invicto, Kell Brook. A questão, porém, é se Brook retornará aos meio-médios para cumprir este compromisso após a subida de duas categorias para enfrentar Gennady Golovkin, no próximo dia 10 de Setembro. O que tem sido especulado é que o inglês não retorne mais aos 66,5 kgs, ficando entre os médios e os médios-ligeiros.

Confirmando-se a ausência do titular, o cinturão da FIB ficaria, então, vago, tendo que ser pelejado entre Spence e o próximo colocado disponível do ranking. Atualmente o russo Konstantin Ponomarev (30-0, 13 ko's) ocupa a terceira colocação no tabelamento, seguido pelo australiano Jeff Horn (14-0-1, 9 ko's) e pelo estadunidense Lamont Peterson (34-3-1, 17 ko's).  

Comentários