Notícias

Publicado em 20 de Setembro de 2016 às 16h:56

Resultados do Clube do Boxe - 5ª edição

AutorDaniel Leal

Del vence colombiano Devis Perez e torna-se campeão latino pela Organização Mundial de Boxe. Além disso outros seis bons confrontos aconteceram na academia Combat Club na Barra Funda. Confira os resultados! (Imagem: IBG)

Na 5º edição do “Clube do Boxe”, realizado na academia Combat Club, na Barra Funda, em São Paulo, Adeilson “Del” dos Santos (18-2, 14 ko's) fez a luta principal da noite. Ele venceu Devis Perez (33-15-4, 23 ko's) por nocaute e arrebatou o cinturão latino dos penas pela Organização Mundial de Boxe, que encontrava-se vago.

Del começou mais lento e jabeando, soltando menos combinações que o colombiano, que esporadicamente conseguia acertar alguns golpes, ao menos de raspão. O brasileiro voltou melhor para o segundo giro, encaixando bons punches, principalmente no corpo de Perez. A rodada subsequente foi mais equilibrada, com ambos os atletas se expondo mais em trocas francas.

No seu melhor intervalo até então, Santos dominou o tablado na quarta passagem, aplicando ótimos combos e ganchos de esquerda no corpo de Devis. O mesmo acontecia no quinto assalto, até o pugilista da casa tomar contragolpe que assustou, tornando as coisas um pouco menos fáceis para ele nos minutos restantes e também no sexto round.

O boxeador da Colômbia tentou ser mais ativo e até afobado no sétimo giro, o que ia dando certo até ser atingido por uma esquerda perfeitamente colocada por Del em seu fígado. Assim Perez caiu para não mais levantar. Com isso Adeilson sagrou-se monarca latino-americano pela OMB no limite dos 57kg, e deve figurar no ranking da entidade em breve.

Na principal preliminar, Marlos Simões (12-0-1, 6 ko's), que retornava de um ano e quatro meses parado, suplantou o carioca Brayann Ribeiro (4-1, 3 ko's), após 6 assaltos de combate, por decisão dividida. Os scores marcaram 58-56 (duas vezes) para Simões e 58-56 à favor de Ribeiro, que volta para casa sem sua invencibilidade.

Anderson Denner (5-0, 4 ko's), o “Índio”, venceu Rodolfo Franz (10-18, 8 ko's) e manteve a invencibilidade ao obrigar o juiz a paralisar a contenda. Durante o quinto assalto, Denner derrubou Franz e não perdoou o adversário após este se levantar, combinando muitos golpes até a interrupção.

Nos pesados, Robson Machado “Bambu” (3-1, 1 ko's) venceu Marco Talebi (1-2, 1 ko's) por decisão unânime dos jurados. As marcações apontaram 40-36 e 39-37 (duas vezes). Vale lembrar que em Fevereiro, Bambu foi batido por Fabio Maldonado, no mesmo “Clube do Boxe”.

Edison Silva (1-1-1, 0 ko's) acabou derrotado por Demerss Pendragon (1-0, 0 ko's), em 4 rounds, de forma unânime nos pontos, com marcações iguais de 39-37 a favor de Pendragon.

Vitor Siqueira (4-0, 4 ko's) conseguiu seu quarto nocaute consecutivo em quatro meses de carreira. A vítima dessa vez foi Elvis Presley (4-5, 4 ko's), que acabou encurralado por uma enxurrada de socos próximo as cordas obrigando o árbitro a interromper as ações durante o 4º giro.

Paulo Gaudino venceu Ângelo Bruno por nocaute no terceiro round.

O evento, que já está virando uma boa tradição no pugilismo paulistano, foi apoiado pela Everlast e pela primeira vez contou com o apoio da IBG – International Boxing Group.

Comentários