Notícias

Publicado em 03 de Agosto de 2017 às 07h:53

Wladimir Klitschko encerra carreira sem revanche contra Joshua

Foto do autor

Autor Daniel Leal

Contrariando muitos que davam como certa sua nova disputa contra o campeão AMB/FIB dos pesados em Novembro, o ucraniano anunciou sua aposentadoria da nobre arte após 27 anos no esporte. (Imagem: Sky Sports)

Com uma carreira brilhante em 27 anos dentro do esporte de luvas, o ucraniano Wladimir Klitschko (64-5, 53 ko's), 41, decidiu que já fez o suficiente dentro do tablado de cordas e anunciou sua aposentadoria oficialmente há algumas horas através de seu site oficial e de suas redes sociais. O furor pela notícia foi tanto que seu endereço eletrônico sucumbiu e ficou fora do ar durante algumas horas.

Klitschko frustra as expectativas de muitos que davam como certa uma revanche entre ele e Anthony “AJ” Joshua (19-0, 19 ko's) para Novembro. A primeira contenda entre eles, realizada em Londres, no último mês de Abril, ficou marcada como uma das melhores entre pesos-pesados nas últimas décadas foi vencida por Joshua via nocaute técnico no décimo primeiro round.

Declarando que preferiu esperar algum tempo desde a batalha realizada em Wembley, Wladimir ter alcançado tudo o que sempre sonhou e que quer começar uma nova carreira, depois do esporte. “Eu nunca imaginei que teria uma carreira tão longa e bem-sucedida no boxe. Sou muito grato por isso. Obrigado á todos que sempre torceram por mim. Especialmente minha família, minha equipe e meus fãs” - declarou Klitschko.

O atleta da Ucrânia conquistou quatro títulos mundiais nos pesos-pesados e unificou os cinturões da FIB, AMB e OMB, os quais reteve até Novembro de 2015, quando foi vencido por Tyson Fury. O boldrié da Federeção Internacional de Boxe esteve sob sua posse durante nove anos e sete meses consecutivos, sendo defendido 18 vezes neste período. Além disso, o “Dr. Steelhammer”, como é conhecido, também sagrou-se campeão olímpico nos superpesados durante os Jogos de Atlanta, em 1996. Seu recorde amador é reportado em 134 vitórias e apenas 6 derrotas.

Considerado “chato” dentro dos ringues por alguns, é inegável a eficiência técnica tanto dele quanto de seu irmão mais velho, Vitali, que deteve o cinturão do CMB simultaneamente. Juntos reinaram durante anos utilizando sua envergadura e pegada para manterem-se reinando absolutos na categoria máxima do pugilismo.

Confira a declaração de aposentadoria de Wladimir Klitschko (em inglês):

Comentários