Notícias

Publicado em 12 de Setembro de 2015 às 01h:22

Jackson Junior perde por pontos; Valdez e Stevenson vencem

AutorLuigi F.

Jackson Junior perde por pontos; Valdez e Stevenson vencem!

Em luta que acabou não sendo transmitida ao Brasil, o meio-pesado brasileiro Jackson “Demolidor” Junior (18-4, 16 KO’s – 1 NC) foi derrotado por decisão unânime pelo russo Egor Mekhontsev (10-0, 7 KO’s). De acordo com detalhes da mídia internacional, a luta foi bastante emocionante, com o brasileiro conseguindo, inclusive, um knockdown a seu favor no sexto round, mas com Mekhontsev se valendo de sua vasta experiência, vinda principalmente dos tempos de amador, para obter a vitória por duplo 77-74 e um 77-73 na papeleta dos juízes. O evento ocorreu em Las Vegas, EUA.

Esta foi a quarta derrota seguida do brasileiro em combates no exterior. Aos 29 anos, fica a torcida para que o Jackson reencontre o caminho das vitórias nas lutas fora do país, de preferência em embates com adversários que evoluam gradativamente, assim como foi feito em suas primeiras aparições fora do Brasil. A boa notícia é que sua exibição agradou, o que pode lhe render bons combates no futuro.

Na luta principal do evento, transmitida para o Brasil pelo Sportv 2, o peso-pena mexicano Oscar Valdez Jr. (17-0, 15 KO’s) mostrou boas qualidades para manter a invencibilidade e bater o americano Chris Avalos (26-4, 19 KO’s) por nocaute técnico no quinto round. Agressivo e com boas combinações desferidas, Valdez vinha dominando as ações, obtendo um knockdown no final do terceiro assalto. Após continuar melhor no round seguinte, o mexicano viu o árbitro encerrar o combate depois de boa sequência conectada no quinto giro. Apesar de ter apenas 24 anos, Oscar Valdez, que possui duas participações em Jogos Olímpicos como pugilista amador, mostrou bastante potencial, e é um nome para ficarmos de olho para um futuro não tão longínquo.

Já na principal preliminar, que abriu a transmissão ao Brasil, o norte-americano Jesse Hart (18-0, 15 KO’s) confirmou o favoritismo e venceu por nocaute técnico no final do nono assalto o compatriota Aaron Pryor Jr (19-9-1, 12 KO’s), em disputa válida pela categoria dos super-médios. Dominante desde o início, Hart vinha vencendo com tranquilidade, pressionando o rival desde o início. Apesar de diminuir o ritmo a partir do sexto giro, Hart voltou a aumentar a pressão no final do combate, conseguindo a interrupção do árbitro no penúltimo round.

 

Stevenson defende cinturão com sucesso

Em embate realizado na cidade de Toronto, no Canadá, Adonis Stevenson (27-1, 22 KO’s) obteve um nocaute no terceiro round contra o estadunidense Tommy Karpency (25-5-1, 14 KO’s). Após derrubar o oponente no final do segundo assalto, Stevenson partiu para a definição logo no início no terceiro giro, e após encaixar uma direita no corpo e uma esquerda no queixo, viu o adversário cair novamente. Mesmo levantando, o americano viu o juiz Hector Afu encerrar a contenda.

Foi a sexta defesa do cinturão de campeão mundial dos meio-pesados pelo CMB por parte do haitiano radicado no Canadá. Após a vitória, Stevenson não hesitou em desafiar o russo Sergey Kovalev (28-0-1, 25 KO’s), que detém os títulos da AMB, FIB e OMB pela categoria. Será que em breve teremos mais uma super-luta? Esperamos que sim.

Comentários