Pós-Luta

Publicado em 03 de Dezembro de 2016 às 02h:20

Esquiva luta bem, toma susto, mas vence nos pontos!

Foto do autor

Autor Daniel Leal

Brasileiro dominou quase todo o combate diante de Luis Hernandez, na Califórnia, mas teve de se segurar no sétimo assalto para garantir vitória por pontos. (Imagem: Top Rank/Divulgação)

Agora a pouco, na Save Mart Arena, em Fresno, Califórnia, o medalhista de prata nas olimpíadas de Londres-2012, Esquiva Falcão (16-0, 12 ko's), manteve-se invicto e deu mais um passo importante na carreira ao transpassar o porto-riquenho Luis Hernandez (15-3, 8 ko's), por decisão unânime, após 8 assaltos combatidos.

Muito mais técnico, o brasileiro deu uma bela demonstração de rapidez e precisão, além do bom jogo de esquivas e movimentação. Lutando na média distância, dominou todas as ações do combate através de combinações, apenas aparando os punches arriscados do adversário.

Isso perdurou até o final do sétimo giro, quando tomou uma bomba de esquerda de seu oponente e ficou, pela primeira vez em sua carreira profissional, completamente zonzo. Fazendo o básico, clinchou e conseguiu ficar de pé, sem maiores intempéries, até ouvir o gongo.

Prudente, esperou um pouco até começar o ataque durante o oitavo e último round. Mesmo tendo sentido uma mão fulminante minutos antes, Esquiva não pareceu intimidado e fechou o combate de forma forte e incisiva.

Com o encerramento da contenda, os árbitros apontaram 78-74 e 79-73 (duas vezes), à favor de Falcão, sendo esta última pontuação idêntica à do Round13 e a de Daniel Fucs, que comentava o confronto.

Não se pode dizer que a experiência tenha sido fator descartável nesta apresentação de nosso medalhista olímpico. Pelo contrário, sem dúvida será algo que poderá e deverá levar consigo daqui em diante. Tecnicamente, porém, Esquiva precisa ser testado, pouco a pouco, contra oponentes melhores. Entende-se que, por duas vezes, Gerardo Ibarra “furou” com a equipe do brasileiro, porém, daqui para frente é importante que profissionais mais bem qualificados sejam contratados para encarar o brasileiro. Sem isso ficará difícil seu desenvolvimento na vertente remunerada da nobre arte.

O SporTV transmitiu a luta, ao vivo, á partir das 01:00 da manhã, horário modificado pouco antes do evento.

Comentários