Pós-Luta

Publicado em 21 de Fevereiro de 2016 às 02h:09

Noite triste para o Brasil! Ratinho sofre revés por decisão dividida

Foto do autor

Autor Daniel Leal


Imagem: Arquivo Pessoal

Em uma zebra muito infeliz para o pugilismo brasileiro, Marcus Vinicius de Oliveira, o “Ratinho” (24-3-1, 22 ko's), não conseguiu suplantar o nigeriano radicado em Gana, Michael Gbenga (21-24, 20 ko's), que acabou obtendo sua primeira vitória por pontos na carreira ao ser declarado vencedor da contenda por decisão dividida, após 6 rounds de confronto. Este fato quebra uma sequência de 8 derrotas do pugilista da Nigéria. O evento ocorreu na noite deste sábado em Camel Rock, Novo México.

Ratinho chegou á derrubar Gbenga no segundo assalto, porém foi pego por um golpe matador durante o terceiro, sofrendo também um knockdown. Provando o porquê de nomes como Andre Dirrell, Trevor McCumby e Isaac Chilemba não terem conseguido nocauteá-lo, Gbenga aguentou bons golpes de pé, durante a maior parte do embate. Já Oliveira sentiu bastante a queda durante a terceira passagem, demorando à se recuperar plenamente.

Em conversa com sua equipe por telefone, nos foi relatado que o brasileiro se encontra muito abatido, apesar de reações não-unânimes em relação à marcação dos jurados por parte de quem acompanhou a luta. Aparentemente, Ratinho não se conforma com a derrota, o que é bom, pois prova que seu intuito e busca sempre foram pelo êxito. Talvez tenha faltado apenas maior e mais calma preparação, algo que terá que discutir com sua equipe o quanto antes.

Sturm é pentacampeão mundial


Imagem: Sumio Yamada

O alemão Felix Sturm (40-5-3, 18 ko's) não teve novamente vida fácil diante do russo Fedor Chudinov (14-1, 10 Kos), mas conseguiu suplantá-lo por decisão majoritária dos juízes após 12 rounds disputados na Koenig Pilsener Arena, em Oberhausen , Alemanha, arrebatando assim o título dos super-médios pela AMB. Com marcações em 114-114 e 115-113 (duas vezes), Sturm não só vingou-se de sua derrota para Chudinov em Maio de 2015, como se tornou o primeiro pugilista alemão á sagrar-se penta campeão mundial. Felix fora 4 vezes coroado na divisão dos médios, e este é seu primeiro cetro na categoria até 76,2 quilos.

Magdaleno domina e vence!

Em evento realizado no Celebrity Theater, em Phoenix, nos EUA, o invicto super-galo norte-americano Jessie Magdaleno (23-0, 17 KOs) bateu o filipino Rey Perez (20-8, 5 KOs) por nocaute no sétimo assalto. Magdaleno dominou as ações desde o início, até conseguir, finalmente, encerrar a contenda com uma belíssima esquerda que encontrou o fígado de seu oponente, que ao chão foi, não voltando antes da contagem dos dez segundos.

Na principal preliminar  o também super-galo estadunidense Carlos Castro (15-0, 6 KOs) venceu o mexicano Rafael Eduardo “Dinamita” Reyes (6-6, 5 KOs), por decisão unânime, após 6 rodadas combatidas.

O SporTV transmitiu este evento, ao vivo, com comentários de Daniel Fucs.

Comentários