Pós-Luta

Publicado em 09 de Setembro de 2017 às 02h:22

Pedroso perde na Argentina, mas Brasil pode trazer vitórias neste sábado; Benavidez vence nos EUA

Foto do autor

Autor Daniel Leal

Brasileiro vencia a luta até a sétima passagem, mas foi pego em uma bela direita no oitavo giro. Neste sábado, no entanto, outros quatro atletas nacionais estarão atuando no Cazaquistão e podem trazer resultados positivos. Por sua vez, norte-americano se tornou o campeão mais jovem na atualidade ao vencer em Las Vegas. (Imagem: Montagem R13)

Felipe Pedroso (15-3, 13 ko's) parecia que somaria sua segunda vitória consecutiva na Argentina, na noite desta sexta-feira, em Santiago Del Estero, até o sétimo round. Após alternar a liderança nos pontos contra o local Diego Diaz Gallardo (22-5-1, 13 ko's), a experiência do “hermano” acabou contando mais a seu favor.

Sem gás, Gallardo se escorava nas cordas e chegou a perder rounds desta forma, preservando-se e jogando no contragolpe. Confiante em sua pegada e sua resistência, Pedroso seguia castigando seu adversário. Até que a estratégia do argentino surtiu efeito ao colocar um belo overhand de direita bem no queixo do gaúcho de Cruz Alta, que ficou atordoado instantaneamente. Valente, segurou-se para ouvir o soar do gongo, mas já no primeiro segundo da nona passagem, demonstrou que não estava em condições de prosseguir, obrigando a paralisação do árbitro.

Uma pena, visto que até mesmo os comentaristas do país vizinho reconheciam que o brasileiro era perigoso e vencia o combate, podendo retornar perfeitamente para o Brasil com o cinturão alfabético da FMB na divisão dos médios. A compostura de Diego, no entanto, fez toda a diferença. Apesar disso, Pedroso pode voltar para casa certo de que fez um bom papel, apesar da derrota no detalhe.

Em Las Vegas, Benavidez confirma favoritismo.

Em contenda transmitida pela Fox Sports2 para o Brasil, o estadunidense David Benavidez (19-0, 17 ko's), conquistou o cinturão dos super-médios pelo CMB, que encontrava-se vago desde a subida de categoria de Badou Jack, ao suplantar o romeno Ronald Gavril (18-2, 14 ko's), por decisão dividida, após doze rounds.

Mais do que seu primeiro cetro mundialista, Benavidez consagrou-se como o campeão mais jovem da atualidade aos 20 anos e nove meses de idade. Gavril, 11 anos mais velho, no entanto, não lhe deu vida tão fácil e foi o tão duro quanto conseguiu ser, chegado a derrubar o jovem prospecto durante a última passagem. As marcações ficaram em 117-111 e 116-111 (Benavidez) e 116-111 (Gavril).

Nas preliminares, Peter Quilin (33-1-1, 23 ko's) precisou ouvir as papeletas dos jurados para vencer o journeyman Dashon Johnson (22-22-3, 7 ko's), após oito intervalos disputados. Os placares apontaram 79-72, 79-73 e 78-74. Esta foi a primeira aparição de Quilin desde que perdeu sua invencibilidade para Daniel Jacobs, no primeiro round da contenda realizada há 21 meses atrás.

Brasil tem mais quatro chances de vitória no fim de semana

Se Pedroso não conseguiu, Eduardo Reis (22-4, 18 ko's), Gilberto “Yorubá” Pereira (14-5, 10 ko's), Ismael Bueno (15-6, 10 ko's) e Alex “Careca” Duarte (13-1-1, 10 ko's) terão a chance de trazer vitórias ao nosso país neste sábado. Os quatro farão as preliminares do evento em que o chinês/cazaque Kanat Islam (24-0, 19 ko's) defende seus títulos Norte-americano (NABO) e Inter-Continental (AMB) dos médios-ligeiros diante do canadense Brandon Cook (18-0, 11 ko's), no Saryarka Velodrome, em Astana, Cazaquistão. Seus oponentes serão quatro atletas, invictos, da casa.

Yorubá pega o ex-campeão mundial amador, Zhanibek Alimkhanuly (1-0, 1 ko's), nos meio-pesados. Nos super-meio-médios, Careca terá pela frente Nursultan Zhanabayev (2-0, 1 ko's). Entre os médios, Ismael encara Meiirim Nursultanov (3-0, 2 ko's). Nos super-leves, Eduardo, que recentemente desafiou pelo título brasileiro dos super-penas, duela com Dimash Niyazov (11-0-3, 5 ko's), em disputa que pode esquentar, dada a encarada provocativa entre os atletas ocorrida durante a pesagem. Todos os duelos terão o limite máximo de seis assaltos.

Comentários