Pós-Luta

Publicado em 21 de Novembro de 2015 às 21h:49

Primeiros resultados do final de semana: Abraham, Crolla e Ramirez vencem

Foto do autor

Autor Luigi F.

Abraham bate Murray em decisão dividida

Abraham x Murray. Créditos Imagem: Bongarts/Getty Images

Lutando na cidade de Hannover, na Alemanha, Arthur Abraham (44-4, 29 KOs) defendeu com êxito seu título de campeão mundial dos super-médios, versão OMB, contra o britânico Martin Murray (32-3-1, 15 KOs). Foi a quinta defesa de cinturão de Abraham.

Como de praxe, o campeão demorou alguns rounds para entrar na luta, o que fez com que Murray abrisse alguma vantagem nos giros iniciais. A partir do 4° assalto, Abraham passou a equilibrar a disputa. Daí em diante, diversos rounds equilibrados deram o tom do embate. No oitavo, o britânico conseguiu balançar o armênio naturalizado alemão. Após a desvantagem, Abraham voltou a se apresentar melhor no 11° round, valendo-se de uma dedução de 1 ponto de Murray por excesso de clinches. Ao final dos 12 rounds, vitório por decisão dividida para o “Rei Arthur”, com scores a favor de 115-112 e 116-111, enquanto o terceiro juiz apontou 115-112 para Murray.

Com a vitória, Abraham manteve seu cinturão e pode enfrentar, em breve, o desafiante #1 pela OMB, o mexicano Gilberto Ramirez, que venceu em embate realizado ontem (mais detalhes abaixo). Murray, por sua vez, falha na quarta tentativa de obter um título de campeão mundial.

Crolla nocauteia em revanche e arrebata cinturão
Lutando em casa, na cidade de Manchester, na Inglaterra, o britânico Antohny “Million Dollar” Crolla (30-4-3, 12 KOs) bateu o colombiano Darleys Perez (32-2-1, 20 KOs) para conquistar o cinturão mundial dos leves pela AMB. O embate, que era uma revanche do empate majoritário ocorrido em julho, começou com Crolla buscando a luta. Agressivo, o britânico acabou conseguindo a vitória por nocaute no quinto assalto, após conectar belo gancho de esquerda que pôs um fim ao combate.

Ramirez vence e mantém invencibilidade; Cleiton Conceição é derrotado.
Em embate realizado na noite de ontem, sexta-feira, em Las Vegas, EUA, o super-médio mexicano Gilberto “Zurdo” Ramirez (33-0, 24 KOs) bateu o holandês Gevorg Khatchikian (23-2, 11 KOs), por decisão unânime após 10 assaltos, mantendo seus títulos versões NABF e OMB Internacional. Com um estilo ortodoxo, Ramirez mostrou-se eficiente diante do oponente que pouco sucesso apresentava nos contra-golpes. Os scores apontados pelos juízes ilustram o domínio do mexicano: duplo 100-90 e um 99-91. O R13 pontuou 100-90 a favor de Ramirez, que atualmente é ranqueado como #1 pela OMB e pela FIB e #2 pela AMB e pelo CMB, devendo em breve ter sua primeira oportunidade de disputar um cinturão de campeão mundial.

Na principal preliminar, o estadunidense Saul “Kid Dinamita” Rodriguez (19-0-1, 14 KOs) fez jus ao apelido e despachou seu compatriota Ivan Najera (16-2, 8 KOs) em pouco mais de 2 minutos de luta, após derrubar o oponente por duas vezes. O card ainda teve o ucraniano Oleksandr Gvozdyk (8-0, 6 KOs) batendo o brasileiro Cleiton Conceição (22-8-2, 18 KOs) por nocaute técnico no terceiro round. Medalhista de bronze nas Olimpíadas de Londres, em 2012, Gvozdyk somou a quarta vitória no ano de 2015. Cleiton, por sua vez, amargou a segunda derrota nesta temporada, sendo ambas no exterior. Profissional desde 2003, Conceição possui retrospecto de 6 vitórias, 2 empates e 7 derrotas lutando fora do Brasil. Em 2015, ele vencera 3 disputas realizadas na cidade de São Paulo. O evento foi transmitido ao vivo para o Brasil pelo canal Sportv, com comentários de Daniel Fucs.

Comentários