Pós-Luta

Publicado em 01 de Agosto de 2016 às 07h:48

Resultados dos brasileiros neste fim de semana

Foto do autor

Autor Daniel Leal


Vitor Freitas venceu por nocaute no primeiro round em Sorocaba, enquanto em Guarulhos, Carlos “Falcão” Nascimento passou por argentino, também pela via rápida. Mike Miranda teve sua disputa adiada na Alemanha devido a problemas logísticos
.
(Imagem/Montagem: Arquivo Pessoal/Facebook/Divulgação)

O baiano Vitor Jones Freitas (14-0, 8 ko's) teve poucas dificuldades para passar pelo paranaense Licelio Lucio (5-6, 5 ko's), em combate previsto para 10 rounds. Freitas, que fez a principal luta do evento realizado no Ginásio Poliesportivo do Éden, em Sorocaba, interior de São Paulo, precisou de pouco mais de um minuto para nocautear Lucio, que vinha de derrota, também por nocaute, 15 dias antes, na Argentina. A organização do evento, no entanto, declarou estar ciente, exigindo, segundo os mesmos, todos os exames médicos. Fica, ainda assim, uma ponta de preocupação quanto aos riscos envolvidos, uma vez que Licélio foi duramente “apagado” em solo estrangeiro. O mais correto teria sido afastar-se por mais tempo dos tablados , ainda que sem sequelas presentes.

Não tendo responsabilidade nisso, Vitor fez seu trabalho, mais uma vez, muito bem feito, e agradou ao público local. O passo seguinte do jovem campeão brasileiro dos leves, e número #2 do Ranking Round13 na categoria, deve ser mesmo um retorno aos EUA, que estaria sendo negociado para os próximos meses junto a Arthur Pellulo, seu promotor na Terra do Tio Sam.

Nas demais contendas, Heber Macedo (1-0, 1 ko's) venceu Luis Nabate (0-1) por KO no primeiro assalto na categoria dos meio-médios. Esta foi a estréia de Heber, que reside na cidade de Alumínio, e tem como técnico o organizador do evento, Lucas França. André “Hammer Hand” Soares (8-1, 8 ko's) bateu Manoel Melo (0-1), também pela via rápida, no segundo giro, no limite dos pesos-leves. André faz parte da “Team Nogueira”.

O canhoto Hygor Rosa (1-1, 1 ko's) passou por Carlos Lopes (0-1) por nocaute no primeiro intervalo após um cruzado de direita espetacular. Hygor tem como técnico seu pai, Adilson Rosa, atleta olimpico em Barcelona-92. Em sua estreia, Rosa não havia sido feliz, perdendo por pontos. O imbróglio com Lopes ocorreu nos superleves.

Fernando Luiz (1-0, 1 ko's) suplantou o também estreante Manoel Maciel nos meio-médio-ligeiros. A vitória ocorreu por nocaute nos primeiros minutos, sendo este cotado como o melhor da noite. Fernando recebia uma saraivada de golpes e era dominado quando atingiu um direto de direita, levando Manoel à lona, necessitando da ajuda dos médicos que trabalhavam no evento, mas recuperando-se rapidamente, para alívio dos presentes.

O peso-médio Ney Da Bahia (1-0, 1 ko's) bateu Kaue Martins por KO no segundo Round. Ney, que é parceiro de treinos de Vitor Jones Freitas, também fez sua primeira apresentação profissional e é treinado por Luis Claudio Freitas (Irmão de Acelino “Popó” Freitas).

A programação que, como pode-se perceber, esteve recheada de nocautes, foi organizado pela Lucas França Produções Esportivas, com apoio de Monumento Sports, Jackson Nunes, Adilson Rosa e Wagner “Waguinho”.

Falcão vence Cabral no Coliseu, em Guarulhos


Falcão (esq) comemora vitória sobre Cabral (dir.) - Imagem: Patrick Nacimento

Em disputa realizada no complexo do Coliseu Boxe Center, em Guarulhos, Grande São Paulo, o cruzador Carlos “Falcão” Nascimento (15-3, 11 ko's) venceu o hermano Walter David Cabral (24-17-1, 11 ko's), por nocaute durante o quarto giro. Esta foi a quarta derrota de Cabral no Brasil, em quatro apresentações, sendo a mais famosa delas a disputa do título latino dos meio-pesados pelo CMB em 2007, quando foi batido pelo legendário Peter Vencâncio, no quinto round. A apresentação de maior destaque de Walter, no entanto, foi á pouco mais de um ano e meio atrás, quando venceu o ex-tricampeão latino, Sul-americano e Mundo Hispano dos pesados, Gonzalo Omar Basile, por pontos.

Foi um bom teste, portanto, para Nascimento, que soma agora a segunda vitória pela via rápida seguida, desde sua última derrota, ocorrida em Abril para o invicto Imre Szello, na Hungria. Na ocasião o brasileiro foi superado nos pontos. Segundo seu manager, Patrick Nascimento, a equipe de Falcão, em breve, deve anunciar seus próximos passos.

Mike Miranda adia luta na Alemanha

O veterano pugilista e promotor Mike Miranda (44-6, 40 ko's),enfrentaria o alemão Uensal Arik (23-2, 21 ko's), valendo os cinturões dos médios-ligeiros da União Global de Boxe e da União Mundial de Boxe, entidades que não figuram entre as quatro grandes do mundo atualmente, neste sábado. A peleja, porém, teve que ser adiada. Segundo a equipe de Mike, as escalas do voo que os levariam até o local do evento não agradaram o boxeador, que se recusou a passar por França e Turquia devido aos atentados terroristas recentes.

“Tivemos um problema com a escala do voo para a Alemanha. As opções eram apenas Turqia e França, e como não foi mudado o itinerário, meu pai não viajou”, declarou Mike Miranda Jr,, filho do atleta e membro da equipe, com exclusividade ao Round13. “Meu pai estava 100% para a luta, mas não concordamos com a escala indo pela Turquia, ou França, devido aos atentados que estão ocorrendo”, respondeu Mike Jr. ao ser questionado dos motivos do adiamento.

Segundo o staff de Miranda, a luta ainda será devidamente remarcada.

Comentários