Pós-Luta

Publicado em 11 de Outubro de 2015 às 18h:15

Robson Conceição garante medalha em Doha, e os demais resultados deste sábado, 10/10/2015

Foto do autor

Autor Daniel Leal

Robson garante vaga nas semifinais

Imagem: CBBoxe

O peso-leve Robson Conceição garantiu neste sábado sua vaga para as semifinais do Campeonato Mundial Open Boxe Doha 2015. O pugilista brasileiro passou pelo inglês Joseph Cordina via decisão unânime dos jurados, e já assegurou, ao menos, a medalha de bronze na competição, já que não há disputas de terceira colocação.

Conceição volta ao quadrilátero nesta segunda-feira, á partir das 13 horas, quando pelejará contra Albert Selimov do Azerbaijão. Se vencer se classifica para a final do torneio, e, de quebra, porém não menos importante, garante vaga para as Olimpíadas de 2016.

A BandSports transmite o evento bem como o canal online da AIBA, neste link.

Linares vence fácil.

Diante de sua torcida, o venezuelano Jorge Linares (40-3, 27 ko’s), defendeu com sucesso seu cinturão dos leves pelo CMB diante do mexicano Ivan Cano (23-7-2, 15 ko’s). Ele derrubou o desafiante no terceiro assalto, finalizando a contenda no round seguinte, quando Cano não mais conseguiu levantar-se. Esta foi a segunda defesa exitosa seguida de Linares. Já Cano soma a terceira derrota nas últimas sete apresentações.

Na principal preliminar do evento em Caracas, o pugilista da casa, Alfonso Blanco (12-0, 5 ko’s) bateu Sergey Khomitsky (30-12-3, 13 ko’s) por decisão unânime em 12 rodadas. Com scores de 119-109 (duas vezes) e 118-112, Blanco garantiu o cinturão “interino” da AMB na divisão dos médios.

Flanagan destrói Magdaleno; Smith é novo campeão OMB dos médio-ligeiros

No evento realizado sábado, em Manchester, Inglatera, o campeão dos leves da Organização Mundial de Boxe, Terry Flanagan (29-0, 12 ko’s) teve pouquíssimo trabalho para defender seu título diante do americano Diego Magdaleno (28-2, 12 ko’s), que era considerado um contendor complicado. Flanagan precisou de apenas 5:38 minutos de combate para derrotar Magdaleno durante o segundo giro, isso após derruba-lo três vezes e obrigar o árbitro á interromper as ações quando aplicava sequencia fulminante no desafiante preso ás cordas. Com a vitória, o britânico defende com sucesso seu boldrié pela primeira vez desde que o conquistou, no último mês de Julho.

Na principal preliminar da noite, o também inglês Liam Smith (21-0, 11 ko’s) confirmou seu favoritismo e venceu John Thompson (17-2, 6 ko’s), dos Estados Unidos, pela via rápida durante a sétima rodada de enfrentamento, arrebatando assim a cinta OMB dos médio-ligeiros, que se encontrava vaga. Apesar do bom começo do adversário, Smith se recuperou após os primeiros rounds, e finalizou o combate após aplicar bela direita que deixou Thompson caído de cara na lona.
Como já dissemos, até pela entidade em que foi coroado, Smith é alguém á ser observado pelo pugilista número #1 em todos os pesos no Brasil, Patrick Teixeira, pois pode ser um campeão á ser colocado diante dele num futuro muito próximo.

Comentários