Pós-Luta

Publicado em 03 de Julho de 2016 às 00h:52

Shafikov domina Herring e vence por TKO

Foto do autor

Autor Luigi F.


Imagem: Nabeel Ahmad / Premier Boxing Champions / ESPN.com

Na luta principal do evento ocorrido na Santander Arena, em Reading, no estado da Pensilvânia, nos EUA, o russo Denis Shafikov (37-2-1, 20 KOs) contrariou as expectativas, e bateu o estadunidense Jamel Herring (15-1, 8 KOs) por nocaute técnico no 10º assalto. Após dominar amplamente o confronto, o europeu obteve a vitória após o corner do rival jogar a toalha, aos 36 segundos do round final.

O combate começou estudado, com Herring circulando pelo ringue, e Shafikov buscando aproximar a distância. Enquanto os golpes do ex-capitão da seleção olímpica amadora dos EUA ficavam, em sua maioria, na guarda, o pugilista russo era mais agressivo, colocando alguns bons socos no corpo do oponente. A toada continuou no giro seguinte, e a agressividade de Shafikov acabou sendo premiada nos últimos segundos daquele assalto, quando o russo impôs um knockdown a Herring após golpe de direita.

A tática de Shafikov seguiu surtindo efeito. Diminuindo a distância, o russo conseguiu anular toda a envergadura de Herring, que pouco conseguia fazer no in-fight. Mesclando golpes na linha de cintura e no rosco, o europeu foi ampliando sua vantagem, conectando os melhores e mais duros socos do confronto.

O combate seguiu dessa forma até a oitava rodada. Na nona, Shafikov acelerou novamente o ritmo, dando a impressão que conseguiria nocautear o rival. Herring, que demonstrou sentir e cambalear ao menos três vezes neste round, acabou sobrevivendo.

No último assalto, após Shafikov conectar um forte golpe em Herring, o corner do estadunidense acabou interrompendo a contenda, declarando a vitória do pugilista russo. Apesar da inconformidade de Jamel diante da postura de seus terceiros, o boxeador norte-americano pouco conseguiria fazer, e dificilmente conseguiria tirar algum golpe da cartola.

Com a vitória, Shafikov reencontra-se com a vitória. O russo, que vinha de derrota para Rances Barthelemy em dezembro do ano passado, em disputa pelo cinturão de campeão mundial dos leves pela FIB, poderá voltar a chamar a atenção no cenário global. Com uma vitória tão dominante sobre um prospecto norte-americano do calibre de Herring, Denis agora busca voltar a ter uma oportunidade mundialista.

Jamel, por sua vez, perde a invencibilidade. Empresariado por Al Haymon, o estadunidense dificilmente deve ter chance de disputar um título mundial nesta temporada. Aos 30 anos, entretanto, ele ainda tem chance de recompor-se da derrota de hoje.

A transmissão ao vivo pela ESPN começou mais tarde que o previsto, visto que o canal acabou transmitindo até o final a derrota da seleção brasileira de basquete para a Venezuela, na final do Campeonato Sul-Americano de Basquete. As primeiras imagens da emissora mostraram apenas o último round da preliminar principal, que teve Patryk Szymanski (16-0, 9 KOs) vencendo Wilky Campfort (21-2, 12 KOs) por decisão unânime, com scores 98-92 e 99-91 (duas vezes). Já o combate entre Herring e Shafikov foi transmitido na íntegra, com narração de Rômulo Mendonça e comentários de Eduardo Ohata.

Comentários