Pré-Luta

Publicado em 01 de Abril de 2016 às 00h:12

Broner perde cinturão na balança, e título será válido apenas para Theophane

Foto do autor

Autor Luigi F.


Adrien Broner. Imagem: Stephanie Trapp

No principal combate de boxe deste final de semana, Adrien Broner (31-2, 23 KOs) e Ashley Theophane (39-6-1, 11 KOs) sobem ao quadrilátero de cordas do DC Armory, em Washington, Columbia, EUA para um duelo que vinha sendo marcado por diversas provocações e discussões nos bastidores. E, dessa vez, as polêmicas foram, literalmente, até o último instante possível. Após não atingir o peso limite de 140 libras da divisão dos super-leves, Broner perdeu sua recém conquistada cinta de campeão mundial da AMB. Dessa forma, o título estará em jogo apenas para Theophane.

Nenhuma derrota é tão dura quanto perder para si mesmo. Talvez essa seja a melhor forma de definir o que ocorreu na pesagem nesta quinta-feira, e também o que vem ocorrendo em alguns dos episódios fora dos ringues envolvendo Adrien Broner. O talentoso pugilista estadunidense, que com apenas 26 anos de idade já se consagrou tetracampeão mundial de boxe em quatro categorias distintas, mais uma vez passou dos limites. Em janeiro deste ano, Broner foi acusado de agredir e ameaçar de morte um homem após apostas num jogo de boliche, tendo recebido mandado de prisão nas últimas semanas. Não bastasse toda essa polêmica, AB chegou à pesagem de ontem com 180 gramas acima do peso limite. Ele ainda teve a chance de perder o peso em 2 horas, mas jamais retornou para a pesagem, perdendo o cinturão na balança.

Com derrotas na carreira para Marcos Maidana e Shawn Porter, Broner vinha de vitória sobre Khabib Allakhverdiev em outubro do ano passado, em sucesso que lhe valeu a conquista do boldrié perdido pelo excesso de peso. Conhecido por buscar imitar o estilo de Floyd Mayweather Jr em cima do quadrilátero, “The Problem” entrou em acordo para se entregar à justiça após a luta desta sexta-feira em função da acusação sobre a ocorrência em janeiro. De acordo com a mídia norte-americana, uma fiança de 100 mil dólares já foi estipulada.


Broner (esq) e Theophane (dir) na pesagem. Imagem: Stephanie Trapp

Theophane, por sua vez, chega à sua primeira disputa mundialista na carreira. Aos 35 anos, o inglês radicado em Las Vegas chega para o combate mais importante de sua vida profissional até o momento. Ex-campeão britânico dos super-leves, Theophane não é derrotado desde setembro de 2013, quando foi suplantado por Pablo Cesar Cano, por decisão dividida. Desde então, são seis vitórias acumuladas, sendo cinco delas por pontos e apenas uma pela via rápida.

Caso Theophane vença, ele será o novo campeão da AMB. Já em caso de vitória de Broner, o título será declarado vago.

Na principal preliminar, o peso leve Robert Easter Jr (16-0, 13 KOs) defende a invencibilidade diante do dominicano Algenis Mendez (23-3-1, 12 KOs). Já Gervonta Davis (14-0, 13 KOs), pugilista apontado como interessante prospecto dos EUA, enfrenta o mexicano Guillermo Avila (16-5, 13 KOs). Ambas as semifinais são previstas para 10 assaltos.

O evento será transmitido ao vivo para o Brasil nessa sexta-feira, a partir de 23h, pelo canal Fox Sports.

Comentários