Pré-Luta

Publicado em 22 de Julho de 2016 às 20h:45

Crawford e Postol lutam neste sábado pelo posto de melhor super-leve da atualidade

Foto do autor

Autor Luigi F.


Imagem: Mikey Williams

No primeiro super evento do segundo semestre de 2016, Terence “Bud” Crawford (28-0, 20 KOs) e Viktor “Iceman” Postol (28-0, 12 KOs) sobem ao quadrilátero do MGM Grand, em Las Vegas, EUA, para um promissor duelo que definirá o melhor boxeador super-leve da atualidade. Com a unificação dos cetros da OMB, atualmente no poder de Crawford, e do CMB, que hoje está nas mãos de Postol, o confronto deve ser de altíssimo nível, e, para nossa sorte, haverá transmissão ao vivo para o Brasil.

Vindo de vitória avassaladora sobre Henry Lundy, Crawford colocará em jogo sua cinta pela terceira vez. Bicampeão mundial em duas categorias distintas (em 2014, o norte-americano já obtivera sucesso em sua trajetória na divisão dos leves), Terence venceu todas suas exibições entre os super-leves pela via rápida. Embalado pela série de três sucessos na nova categoria, uma boa exibição de Crawford neste sábado poderá colocá-lo, de forma definitiva, nos rankings de melhor lutador pound-for-pound dos dias de hoje.

 No outro córner, “Bud” terá pela frente o ucraniano Viktor Postol, que possui a maior altura e envergadura já enfrentados por Crawford desde o início da empreitada na categoria até 63,5 kg: são 7 cm a mais de altura e 9 cm a mais de envergadura em favor do lutador europeu. Vindo da mais expressiva vitória de sua carreira profissional, quando nocauteou o argentino Lucas Matthysse em outubro do ano passado, Postol é treinado por Freddie Roach, e inclusive chegou a ser sparring do filipino Manny Pacquiao enquanto este se preparava para encarar Chris Algieri em 2014.

Curiosamente, o vencedor de amanhã à noite poderá, justamente, ser um dos adversários de Pacquiao, caso realmente o lutador das Filipinas deixe de lado a ideia de se aposentar. De acordo com o promotor Bob Arum, Manny retornará aos ringues no próximo dia 5 de novembro, contra oponente ainda não definido.

Na principal preliminar, o talentoso jovem mexicano Óscar Valdez (19-0, 17 KOs) terá a primeira chance de se sagrar campeão mundial ao enfrentar o argentino Matias “La Cobrita” Ruedas (26-0, 23 KOs). Aos 25 anos de idade, Valdez vem enchendo os olhos dos aficionados da nobre arte ao redor do globo nos últimos tempos, e poderá dar o passo mais importante de sua carreira profissional caso consiga arrebatar o cetro dos penas pela OMB, que atualmente encontra-se vago.

 Vindo de vitória sobre Evgeny Gradovich em abril, Óscar participou dos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, e Londres, 2012, como amador. Profissional desde 2012, o mexicano é considerado um dos mais promissores jovens pugilistas do planeta na atualidade.

Rueda, por sua vez, construiu a maior parte de sua carreira na Argentina, tendo lutado apenas uma vez nos EUA. Atual campeão sul-americano e latino (OMB) pelos penas, o argentino ainda não topou com nenhum oponente de nível semelhante ao de Valdez. Apesar de até apresentar um cartel com mais vitórias, será uma surpresa caso o hermano consiga sair vencedor no MGM Grand.

O evento ainda terá mais alguns bons lutadores empresariados pela Top Rank em ação. Entre eles, o norte-americano Jose Benavidez (24-0 16 KOs), que vem de vitória por pontos sobre o brasileiro Sidney Siqueira, deve enfrentar o mexicano Francisco “Chia” Santana (24-4-1, 12 KOs). Segundo o site da Top Rank, este embate deverá abrir a transmissão do evento. Entretanto, ainda não se sabe se haverá uma quarta preliminar transmitida. É importante lembrar que mais dois lutadores que vem sendo especialmente geridos pela empresa lutarão no card: o ucraniano Oleksandr Gvozdyk (10-0, 8 KOs), que encara Tommy Karpency (26-5-1, 15 KOs), e o japonês Ryota Murata (10-0, 7 KOs), que enfrentará George Tahdooahnippah (34-2-3, 24 KOs).

O SporTV anuncia a transmissão ao vivo do evento neste sábado para o Brasil, a partir das 22h30.

Comentários