Pré-Luta

Publicado em 04 de Fevereiro de 2016 às 18h:23

Duhaupas x Marcelo Nascimento nessa sexta

Foto do autor

Autor Luigi F.


Johann Duhaupas (esq.) - Imagem: Denis CharletAFP | Marcelo Nascimento (dir.) - Imagem: Leigh Dawney Photography 2015

Pesado brasileiro encara ex-desafiante ao título mundial da categoria amanhã na Europa.

Num final de semana recheado de eventos, como Carnaval no Brasil, e o Super Bowl, tradicional final da NFL – principal liga de futebol americano, nos EUA, os grandes eventos de boxe, que ocorreram de forma ininterrupta desde o final de semana de 16 de janeiro, ficarão um pouco de lado. Entretanto, uma programação que ocorrerá no Gymnase du Lycee Technique, em Monte Carlo, distrito de Mônaco, pode chamar a atenção dos brasileiros. É lá que o pesado Marcelo Nascimento (18-11, 16 KOs) enfrenta o francês Johann Duhaupas (32-3, 20 KOs), em combate previsto para 10 assaltos.

Marcelo fará a sua estreia na temporada de 2016. No ano passado, das 5 lutas, o paulista acabou derrotado em 4 oportunidades, todas no exterior, tendo saído com uma vitória contra Adilson Noli, em embate realizado na capital paulista. Vale lembrar que o brasileiro, cujas principais vitórias na carreira foram obtidas contra Raphael Zumbano e Gonzalo Omar Basile (sendo esta última lutando na Argentina, casa do rival), possui em seu currículo duelos contra nomes de destaque do cenário internacional. O maior deles, certamente, foi Tyson Fury, atualmente campeão mundial pela OMB e AMB, e que nocauteou Marcelo em 2011. Além de Fury, nomes como Manuel Charr, Carlos Takam, Eddie Chambers e Dereck Chisora já dividiram o quadrilátero de corda com o boxeador tupiniquim.

Duhaupas, por sua vez, vem de derrota para Deontay Wilder em setembro do ano passado, em enfrentamento que marcou a segunda defesa do boldrié da CMB por parte do pugilista norte-americano. Aos 34 anos de idade, o francês tenta reencontrar o trilho das vitórias, buscando uma oportunidade por nova disputa mundialista em breve.

“Vai ser uma luta difícil, pois sei as qualidades do meu adversário e a diferença de estrutura que possuo em relação a treinos. Para você ter ideia, treino sozinho na minha casa com a ajuda de um amigo, que se chama André. Ele que me ajuda com meus treinos e me passa as instruções, o resto eu mesmo me viro”, comentou o brasileiro com exclusividade ao Round13 diretamente de Mônaco. “O Duhaupas é um grande lutador e será muito difícil, mas farei tudo possível para realizar uma boa luta, independente de vitória ou derrota. Já sou vitorioso em lutar com os melhores, agora tenho que batalhar para lutar sempre com eles e evoluir”, finalizou Marcelo.

O evento não possui transmissão confirmada para o Brasil.

Comentários