Pré-Luta

Publicado em 29 de Janeiro de 2016 às 09h:14

Em revanche, Kovalev defende título diante de Pascal, na casa do adversário, neste sábado

Foto do autor

Autor Daniel Leal


Pugilistas já se enfrentaram em Março de 2015, também no Canadá. SporTV transmitirá boxe no fim de semana, mas em outro evento. (Imagem: Divulgação)

O russo Sergey Kovalev (28-0-1, 25 ko's) defenderá no sábado, dia 30, mais uma vez, seus cinturões AMB, FIB e OMB dos meio-pesados e sua hegemonia na categoria das 175 libras. O adversário é um velho conhecido e ex-campeão mundial na mesma divisão de peso, pelo CMB, Jean Pascal (30-3-1, 17 ko's), haitiano naturalizado canadense. O evento acontecerá no Bell Centre, em Montreal, Canadá, mesmo palco da primeira contenda entre os dois pugilistas.

O que torna este novo enfrentamento entre ambos mais interessante é que os primeiros assaltos do combate ocorrido em Março de 2015, também no Canadá, foram de certa forma, emocionantes e favoráveis ao atleta natural do Haiti, causando problemas para o pugilista da Rússia. Porém, do 5º round em diante, Sergey dominou as ações e acabou conseguindo a paralisação da luta no oitavo giro, apesar dos protestos de Jean, que demandou um novo encontro, com êxito. Vale ressaltar que, no momento em que fora decretado o nocaute técnico, o campeão vencia o desafiante por 4 pontos de diferença em todas as papeletas dos jurados.

Outro novo fator relevante é que Pascal agora é treinado por Freddy Roach, um dos melhores da atualidade. Um treinador não é santo para fazer milagres, porém Roach tem muito a ajudar e a corrigir o boxe de Jean. Resta saber se houve tempo hábil para tal.

Desde que se enfrentaram, cada um subiu ao tablado apenas uma vez. Kovalev não teve problemas para defender seu cinturão diante do contendor mandatório, Nadjib Mohammedi, em apenas três assaltos, no mês de Julho, no Mandalay Bay, em Las Vegas. Fazendo uma preliminar desse mesmo evento, Pascal, por sua vez, teve mais dificuldades. Demorou todos os 10 rounds pactuados para tirar a invencibilidade do cubano Yunieski Gonzalez, via decisão unânime, vencendo-o pela apertada margem de 96-94 em todas as marcações.

Se vencer, o atual campeão terá defendido a cinta da OMB pela sétima vez consecutiva, além de somar a terceira defesa dos boldriés AMB e FIB, tomados de Bernard Hopkins em Novembro de 2014. Por outro lado, se o desafiante lograr êxito, alçará ao cetro mundialista pela segunda vez em toda sua jornada profissional.

Infelizmente, nenhuma emissora transmitirá este evento para o Brasil. Uma pena!

SporTV terá boxe ao vivo, na madrugada de sábado.

Á partir da 01:00 da manhã, de sábado para domingo, o SporTV anuncia a transmissão do combate entre o mexicano Jose Felix Jr. (32-1-1, 25 ko's) e o filipino radicado no Japão, Ricky Sismundo (30-8-2, 13 ko's). Apesar de ambos terem subido ao ringue em toda a carreira entre a categoria dos penas (57 kg) e super-leves (63,5 kg), o confronto deste dia 30 esta compactuado dentro do limite dos médios-ligeiros e está programado para 10 assaltos. O evento ocorre no Marriott Covention Center, em Burbank, California.

Felix Jr. já desafiou pelo cinturão interino dos super-penas da AMB em 2014, sofrendo a primeira e única derrota de sua carreira, até o momento, diante do costa-riquense Bryan Vasquez, por decisão unânime em 12 rounds.

Comentários