Pré-Luta

Publicado em 18 de Março de 2016 às 13h:49

Esquiva luta neste sábado em evento que traz retorno de Juan Diaz e Mike Alvarado

Foto do autor

Autor Daniel Leal


Maior pugilista olímpico do Brasil fará uma das preliminares da noite sem transmissão pela TV.

Na noite do próximo sábado, dia 19 de Março, o medalhista de prata em Londres-2012, Esquiva Falcão (12-0, 9 ko's) dará seguimento à sua trajetória profissional ao enfrentar o americano Joe McCreedy (15-9-2, 6 ko's), em disputa pactuada para 8 rounds. McCreedy, que vem de categorias mais pesadas – o que explica o peso combinado para a luta – não tem nenhum adversário de destaque no cartel, à exceção de Sean Monaghan, de quem sofreu nocaute técnico no quinto giro. Se por um lado o oponente de Esquiva não enfrentou grandes desafios, também foi pouco nocauteado. Além de Monaghan, somente em 2006 outro pugilista conseguiu parar Joe pela via rápida. O desfio do brasileiro, então, será alcançar uma vitória antes do soar do gongo no último assalto.

O evento, que será realizado na Arena Theatre, em Houston, Texas, trará em suas duas principais contendas os estadunidenses Mike Alvarado (34-4, 23 ko's), enfrentando o mexicano Saul Coral (19-6, 10 ko's) após 1 ano e 2 meses de inatividade, e Juan “Baby Bull” Diaz (40-4, 19 ko's), que encara Fernando Garcia (30-7-2, 18 ko's), em sua primeira apresentação nos ringues desde Setembro de 2014. Enquanto Alvarado atuará por, no máximo, oito giros nos meio-médios, Diaz fará 10 intervalos de 3 minutos, no limite dos leves.

Mike retoma a carreira após péssima sequência de derrotas para Ruslan Provodnikov, Juan Manuel Marquez e Brandon Rios (nesta última em atuação lamentável). O ex-campeão mundial interino dos meio-médio-ligeiros pela OMB havia prometido se retirar do esporte ao ser batido por Rios, mas mudou de idéia.

Já Juan, conhecido dos brasileiros por ter “aposentado” Acelino “Popó” Freitas em 2007, tinha deixado o boxe em 2010 após sucessivas batalhas épicas diante de nomes como Michael Katsidis, Juan Manuel Marquez e Paulie Malignaggi. O tri-campeão unificado dos leves retornou em 2013, vencendo 5 combates em sequência – um deles frente ao tupiniquim Adaílton de Jesus – mas acabou não dando prosseguimento em suas apresentações, estando a um ano e meio sem atuar.

Apesar de interessante programação e da luta de um atleta nacional importante, o evento não será transmitido ao vivo para o Brasil. O SporTV anuncia para a terça-feira, às 19 horas, o VT dos imbróglios principais, mas sem a confirmação quanto à contenda de Esquiva, cuja própria Top Rank não afirma se irá ao ar.

Comentários