Pré-Luta

Publicado em 07 de Julho de 2016 às 17h:32

Evento mais importante deste final de semana, será no Brasil!

Foto do autor

Autor Daniel Leal


Imagem: Round13

Santos recebe nesta sexta, dia 8 de Julho, nova belíssima programação de boxe, a principal e mais interessante deste final de semana. Yamaguchi Falcão (10-0, 4 ko's), medalhista de Bronze em Londres-2012, retorna ao Mendes Convention Center para defender seu título Latino dos médios pelo CMB contra o colombiano Devis Caceres (19-6, 14 ko's), de 26 anos, que já deteve esta mesma cinta nos meio-médios. Falcão é o 30º colocado no ranking do Conselho Mundial, e um êxito em sua primeira defesa do cinturão regional o fará galgar algumas posições em direção do topo do tabelamento.

Caceres é um atleta complicado, de técnica decente, porém vem subindo de peso ao longo dos anos. Deu trabalho para Jose Carlos Paz, na casa do oponente, e, sem dúvidas, não vem para amolecer a vida do brasileiro. Vale ressaltar que tanto Devis, quanto o último oponente de Yamaguchi, Jorge Caraballo, foram muito bem selecionados por seus promotores, sendo testes reais à capacidade competitiva do lutador capixaba. Fazendo uma apresentação sólida amanhã, como fez em Março, Falcão aumenta a confiança em seu potencial, devendo fazer combate fora do Brasilna sequência.

Além da já interessante contenda de fundo, Adeilson dos Santos (16-2, 12 ko's), o “Del”, ex-campeão mundial “Juvenil” no limite dos 57kg, dividirá o tablado com Walberto Ramos (24-7-2, 17 ko's), da Colômbia. Aos 34 anos, 11 a mais que o boxeador tupiniquim, Ramos já deteve boldrié latino, e disputou o reinado dos pesos-mosca pela OMB, em 2006, sendo derrotado por Omar Narvaez, nos pontos. Del tenta se recuperar de duro nocaute sofrido no mesmo palco, também no último mês de Março, saído das mãos do argentino Fabian Orozco.

Em outra preliminar importante, Aelio “Biro” Mesquita (12-0, 10 KOs) disputa o cinturão de campeão brasileiro dos penas pela Confederação Brasileira de Boxe Profissional (CBBP) diante do experiente Juciel Lima Nascimento (24-17-1, 17 KOs), em imbróglio pactuado para, no máximo, 10 assaltos. Juciel subiu á balança com 61,6 kg nesta manhã, tendo nova chance de pesagem amanhã. Se não conseguir bater o peso, Biro, que acusou 57,1 kg, será o único dos dois apto á sair com o título.

Natan Coutinho (13-1, 10 KOs) e Leonardo Rufino (1-0, 1 KO) pelejariam na categoria dos super-moscas em mais outra semifinal, contudo, Coutinho, que estava cotado para disputar o cetro latino dos moscas pela Associação Mundial de Boxe se fosse exitoso diante de Rufino, acabou tendo uma lesão ligamentar no joelho e aguarda exames para saber a gravidade da mesma, não estando em condições de apresentar-se conforme havia sido acertado.

Nos super-leves, o ex-campeão AMB Fedebol, Wenes “Bandeira” de Souza (12-0, 9 Kos), encara Rodolfo Franz Karbstein (9-17, 7 KOs). Bandeira entrará pela primeira vez no ringue em 2016, enquanto Rodolfo tenta reencontrar-se com a vitória, depois da derrota em Maio para Vitor Jones Freitas.

Tentando somar o terceiro sucesso em sequência, Douglas Ataíde (15-2-1, 8 KOs) encara Valdevan Pereira (8-7, 7 Kos), em 6 rounds na divisão até 72,5kg. Pereira retorna de hiato de dois anos sem atividade. Seu últim compromisso havia sido em 2014 quando competiu pelo cinto brasileiro dos médio-ligeiros, sendo suplantado nos pontos por Davi “El Loco” Eliasquevici.

Aos 46 anos, o veterano Rogerio Cacciatore (31-10, 22 ko's) sobe ao ringue após 11 anos de inatividade para despedir-se de vez do profissionalismo. Cacciatore havia parado de combater após a derrota para o então invicto e posteriormente titular mundial interino, Valery Brudov, na França, em 2005. Rogerio, que somou um título brasileiro, dois latinos (FIB e OMB) e um “Mundo Hispano” (CMB) nos pesos médios, combaterá nos cruzadores diante de Daniel “Criminal D” Teixeira (1-8, 1 ko's) em seis intervalos de três minutos por um de descanso. Teixeira, 45, atuará pela primeira vez em quatro temporadas.

O super-galo Phabro Ribeiro (3-0, 3 KOs) fará sua quarta luta em apenas 3 meses de carreira diante de Luciano “Bahia” Santos (1-6, 1 KO). O pugilista da Grande São Paulo divide o quadrilátero com o baiano em 4 assaltos.

O evento, que ocorre no Mendes Convention Center, em Santos, será trazido à tona por nova parceria entre a Golden Boy Promotions, Arano Box, IBG e Memorial Necrópole Ecumênica com apoio da Prefeitura de Santos, Beneficência Portuguesa de Santos e Shopping Pátio Iporanga. O SporTV 2 transmitirá as principais disputas, ao vivo, a partir das 23 horas. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do local.

 

Comentários