Pré-Luta

Publicado em 14 de Outubro de 2015 às 19h:45

Final de semana recheado de boxe!

Foto do autor

Autor Daniel Leal

GGG enfrenta Lemieux em batalha de nocauteadores


Imagem: Yahoo

O cazaque Gennady Golovkin (33-0, 30 ko's) terá sua primeira oportunidade de provar que é um ótimo produto pugilístico para o mercado norte-americano, neste sábado, quando faz o evento principal no Madison Square Garden (e o mais importante deste final de semana também), ao confrontar o canadense David Lemieux (34-2, 31 ko's). A contenda vale os títulos mundiais de “Super Campeão” da AMB, Interino CMB e o da Federação Internacional de Boxe – este último em posse de Lemieux.

Se por um lado Lemieux fará sua primeira defesa de cinturão, Gennady já realizou mais de uma dezena delas, pela Associação Mundial de Boxe. Por essas e outras razões que David não é o favorito para uma vitória em Nova Iorque, dia 17. Pesa contra o “azarão” também, o fato de ter duas derrotas para lutadores que causam pouco medo: Joachim Alcine, ex-campeão dos médios-ligeiros, e Marco Antonio Rubio, um eterno desafiante nos 72,5 kgs. Apesar deste fato, vale salientar que vem de quase quatro anos sem derrotas, obtendo nove vitórias em sequência neste intervalo, oito delas pela via rápida, sendo a última válida pela cinta da FIB que hoje ostenta, quando venceu Hassam N'Dam N'Jikam por decisão unânime, em Junho.

Para “GGG” não é apenas uma unificação. É, na realidade, seu primeiro “headline” em programação via pay-per-view nos EUA, pela HBO. O melhor peso-médio no boxe hoje, terá diante de si um dos melhores e mais perigosos “pegadores” da categoria, e que também detém um boldrié nesta divisão de peso. Será interessantíssimo ver como Golovkin se comportará diante de alguém com tanto poder de punch, e se, após uma eventual vitória, conseguirá finalmente subir no quadrilátero com um nome da nata do esporte, coisa que ele já merecia ter tido a oportunidade de fazer. É portanto, para ele, a melhor forma de provar que, além de ser o belo boxeador que todos sabemos que é, também é vendável no maior mercado da nobre arte no mundo.

Na principal preliminar da noite, o nicaraguense Roman “Chocolatito” Gonzalez (43-0, 37 ko's) terá mais uma apresentação para demonstrar o porquê de ser considerado um dos melhores pugilistas “pound-for-pound” no boxe, atualmente. Diante de si terá o havaiano Brian Viloria (36-4, 22 ko's), ex-tetracampeão mundial em duas categorias distintas.

Chocolatito, 3 vezes campeão em três divisões diferentes, subirá no ringue para fazer a terceira defesa de sua cinta CMB dos pesos-mosca. Viloria tentará retomar um cinturão após dois anos e meio, quando perdeu os títulos unificados AMB e OMB, também nos moscas.

Em mais uma interessante semifinal do evento, o cubano radicado nos EUA, Luis Ortiz (22-0, 19 ko's) defende o boldrié “interino” da AMB nos pesados perante o argentino Matias Ariel Vidondo (20-1-1, 18 ko's). Ortiz, com mais de 350 lutas amadoras na carreira, segue invicto desde que se tornou profissional em 2010, e coloca em jogo o título conquistado há um ano, e que vale muito pouco. Só para se ter ideia, além de Ortiz, a Associação Mundial de Boxe tem Wladimir Klitschko como “Super-campeão” e Ruslan Chagaev como “Regular”. O porquê do cubano deter um cinto interino desde Setembro de 2014, permanece um mistério. Já Vidondo é velho conhecido de nós, brasileiros, pois, em 2011, teve sua invencibilidade maculada por Irineu Beato Costa, quando se retirou da disputa pelo Latino CMB, no oitavo round, em Santa Fé, Argentina.

Este grande evento, felizmente, terá transmissão para o Brasil, ao vivo, através da Fox Sports, á partir das 22 horas.
 

Arias vai à Alemanha para enfrentar Pulev!

É neste sábado a contenda entre o campeão brasileiro dos pesados Geroge Arias (56-13, 42 ko's) e o ex-desafiante ao título mundial, Kubrat Pulev (20-1, 11 ko's), em programação que ocorre na DM Arena, em Karlsruhe, Alemanha. Apesar de vir de derrota para Hughie Fury, nos pontos, em Julho, conta à favor do lutador tupiniquim o fato de Pulev não subir no quadrilátero desde Novembro de 2014, quando saiu nocauteado por Wladmir Klitschko, em disputa pelo cetro mundialista.
 

SporTV também transmite boxe, nesta sexta-feira.

Outro canal de televisão também confirma transmissão de evento pugiístico, para esta sexta-feira. O SporTV transmite a disputa pelo cinturão Continental do Conselho Mundial de Boxe e NABO norte-americano dos meio-pesados, entre Sean Monaghan (25-0, 18 ko's), número #7 do ranking CMB, #4 da AMB, #6 da FIB e #8 da OMB, e Donavan “Da Bomb” George (25-4-2, 22 ko's).

Monaghan é conhecido dos brasileiros, pois bateu Cleiton Conceição, em Maio passado, também em combate transmitido para o Brasil, via decisão unânime após 10 assaltos.

A transmissão da programação se inicia as 23 horas desta sexta-feira, dia 16 de Outubro.
 

Peterson retorna contra invicto

O norte-americano Lamont Peterson (33-3-1, 17 ko's), ex-campeão dos meio-médios-ligeiros, volta aos ringues 6 meses após a polêmica derrota para Danny Garcia, ocorrida no mês de Junho, em Nova Iorque, via decisão majoritária dos juízes.

Dessa vez, Peterson enfrentará o dominicano Felix Diaz (17-0, 8 ko's), campeão olímpico em Pequim 2008. É uma parada dura para o estadunidense de 31 anos. Diaz tem a mesma idade, e além da medalha de ouro, é um canhoto altamente técnico. Conta à favor de Lamont o fato de ter lutado contra grandes nomes do esporte, como Tim Bradley, Lucas Matthysse, Amir Khan e Victor Ortiz, enquanto Felix estará diante do melhor oponente em sua carreira, até então.

O confronto acontece também no sábado, dia 17, na EagleBank Arena, em Fairfax, Virginia.

 

Comentários