Pré-Luta

Publicado em 20 de Maio de 2016 às 19h:54

Irmãos Charlo, Erislandy Lara e David Haye são os destaques internacionais deste fim de semana

Foto do autor

Autor Daniel Leal


Em Las Vegas, três títulos dos médio-ligeiros estarão em jogo, enquanto em Londres, Haye faz segunda luta de seu retorno, com Shannon Briggs, possível futuro adversário, lutando nas preliminares

Jermall, Jermell e Lara fazem grande evento em Vegas, neste sábado

Serão quatro as disputas de título mundial á serem realizadas no Salão Chelsea do “The Cosmopolitan”, em Las Vegas, Nevada, neste dia 21 de Maio. As três principais, dentro do limite dos médio-ligeiros.

Jermall Charlo (23-0, 18 ko's) fará a luta de fundo da noite ao defender pela segunda vez seu cinturão da FIB na categoria, tomado de Cornelius “K-9” Bundrage, em Setembro do ano passado. O titular da Federação Internacional de Boxe não deve ter vida fácil, pois defrontar-se-á com o ex-monarca da mesma divisão, Austin Trout (30-2, 17 ko's). O norte-americano de 30 anos tenta retomar um cetro mundialista e vem de 4 vitórias em sequência desde suas duas derrotas seguidas, para Saul “Canelo” Alvarez e Erislandy Lara, em 2013. Trout, que já bateu ninguém menos do que Miguel Cotto, é, portanto, um bom teste para o potencial do jovem Charlo, de apenas 26 primaveras completadas.

Na mesma noite, o irmão gêmeo de Jermall, Jermell Charlo (27-0, 12 ko's), busca seu próprio boldrié. Ele encara John Jackson (20-2, 15 ko's), em contenda válida pelo reinado do Conselho Mundial de Boxe, que se encontra vago. Será a primeira oportunidade de ambos conquistarem a glória máxima dentro de uma das principais entidades regentes do pugilismo mundial. Jermell soma êxitos sobre Vanes Martirosyan e Gabriel Rosado, como performances mais destacadas. Jackson tem como principal vitória em sua jornada a que conquistou diante do então invicto Jesus Selig, em embate pelo mundial juvenil do CMB, no ano de 2012.

O cubano Erislandy Lara (22-2-2, 13 ko's) atua na mesma noite, ao defender sua cinta da AMB nos 68,9 kg. Dará oportunidade de revanche ao armênio Vanes Martirosyan (36-2-1, 21 ko's), com quem empatou em Novembro de 2012, após cabeçada acidental ter causado um corte em seu oponente, obrigando a interrupção das ações e leitura dos scorecards. Tido como um “campeão sem título”, Vanes tem mais uma oportunidade de alçar ao posto mais alto da categoria, já que terá pela frente aquele que é considerado o campeão linear da mesma. Aos 33 anos, Lara dificilmente foge dos desafios, e a própria estrutura da programação sugere que, vencendo seu desafiante, poderá enfrentar algum dos vencedores das demais disputas do evento, o que torna o mesmo ainda mais interessante.

Como se não bastassem três imbróglios por mundiais, o cazaque Beibut Shumenov (16-2, 10 ko's) confrontará o estadunidense Junior Wright (15-1-1, 12 ko's), valendo o cetro da Associação Mundial de Boxe nos pesos cruzadores. Shumenov era considerado “interino” pela organização, que reconhecerá quem sobressair neste desafio como o titular “regular” desta divisão de peso.

Não há transmissão confirmada deste card para o Brasil, até o momento

Haye luta novamente em retorno. Briggs faz semifinal

Também no sábado, porém em Londres, na O2 Arena, o britânico David Haye (27-2, 25 ko's), ex-campeão dos pesados e cruzadores, segue seu tão aguardado retorno à nobre arte. Parado durante três anos e meio, o “Hayemaker” voltou aos tablados em Janeiro, nocauteando Mark de Mori no primeiro round. Seu oponente, desta vez, é o invicto Arnold Gjergjaj (29-0, 21 ko's), boxeador do Kosovo, mas radicado na Suiça.

Sensação em seu país, muito se especula do futuro supercombate entre Haye e seu compatriota Anthony Joshua. Para que isto se concretize, David “concorre” com Joshua, utilizando a mesma Arena para a realização de seus eventos, promovidos por ele mesmo. É por isso que, vencendo Gjergjaj, deverá subir ao quadrilátero de cordas junto á um dos mais “chatos” desafiante da história, e que estará nas semifinais da programação deste final de semana: Shannon “The Cannon” Briggs (58-6-1, 52 ko's).

O norte-americano tanto fez que conseguiu um espaço para apresentar-se na Inglaterra. Em determinado momento, simplesmente pegou um vôo e partiu dos EUA direto para a academia de Haye tendo como intento conseguir ser o oponente do inglês na contenda de amanhã, porém, como não foi possível, enfrentará o argentino Emilio Zarate (20-16-3, 11 ko's). Vencendo, é provável que seja o próximo a tentar quebrar os planos de David de desafiar por um título mundial novamente.

O evento em Londres terá transmissão online. Aos moldes do que ocorreu na apresentação anterior de Haye contra De Mori, fiquem ligados pois, se estiver disponível no YouTube, colocaremos as lutas no ar aqui no Round13 para quem quiser assisti-las.

Comentários