Pré-Luta

Publicado em 27 de Outubro de 2017 às 11h:45

Joshua encara Takam, no Esporte Interativo; Dois brasileiros lutam no exterior

Foto do autor

Autor Daniel Leal

Campeão dos pesados pela FIB e AMB, a sensação britânica, Anthony Joshua, encara substituto de última hora em Cardiff, com transmissão para o Brasil. Na Argentina, Danila Ramos atua, enquanto nesta sexta, no México, Evandro Cavalheiro retoma carreira. (Imagem: Divulgação/Montagem R13)

O bicampeão dos pesados, Anthony Joshua (19-0, 19 ko's) lotará mais um estádio, dessa vez em Cardiff, no País de Gales, para defender seus cetros AMB e FIB. Neste sábado, 28 de Outubro, ele encara Carlos Takam (35-3-1, 27 ko's), que substituiu a poucos diás o desafiante mandatório Kubrat Pulev, após este sofrer uma lesão durante os treinamentos.

Camaronês radicado na França, Takam tem um cartel respeitável, mas entra como grande azarão na disputa. Possui derrotas para Alexander Povetkin e Joseph Parker, tendo sido nocauteado, até hoje, apenas pelo primeiro, quando pelearam pelo cinturão “Silver” do CMB, em 2014. Em seu currículo tem três pugilistas tupiniquins: Daniel Bispo, Marcelo Nascimento e George Arias, tendo nocauteado os dois primeiros e vencido o legendário ex-campeão brasileiro dos pesados, apenas nos pontos.

Joshua terá sobre si a pressão por vencer de forma contundente um adversário que há algumas semanas nem sabia que iria enfrentá-lo. Por outro lado, a luta será válida como defesa mandatória da FIB, pois Takam era o próximo do ranking, depois de Pulev. De quebra, se vencer, não precisará fazer a manutenção obrigatória da AMB, pois Luis Ortiz, que era o número #1 do ranking, foi pego no dopping. Ou seja, o caminho está livre para que ele unifique todos os cinturões da categoria até o final de 2018, o que é o planejamento que sua equipe afirma ter.

Mais duas disputas mundiais acontecerão nas preliminares. Na principal delas, a irlandesa Katie Taylor (6-0, 4 ko's) terá sua primeira oportunidade de sagrar-se campeã do mundo como profissional ao encarar a argentina Anahi Sanchez (17-2, 9 ko's), atual detentora do boldrié AMB das pesos-leves, o qual conquistou em Setembro. Vale ficar de olho nesta contenda, ainda mais quando o Brasil possui, rankeada internacionalmente na mesma divisão de peso, a paulistana Rose Volante, que aguarda sua chance.

O super-mosca inglês, Khalid Yafai (22-0, 14 ko's) coloca em jogo pela segunda vez seu reinado pela Associação Mundial de Boxe. Ele encara o monarca japonês da categoria, Sho Ishida (24-0, 13 ko's), em uma batalha de invictos.

Outra preliminar interessante se dará entre o britânico Dillian Whyte (21-1, 16 ko's), ex-rival de Joshua, e o finlandês Robert Helenius (25-1, 16 ko's). Eles dividem o tablado valendo o cinto “Silver” do Conselho Mundial de Boxe.

Segundo o próprio site da emissora, a transmissão da programação para o Brasil terá início, ao vivo, as 17:00 horas nos canais Esporte Interativo 2 e Esporte Interativo BR, e depois, as 18:00 horas, passará ao canal principal, Esporte Interativo.

“Japa” retorna no México.

Após quase 3 anos parado, Evandro “Japa” Cavalheiro (13-2, 10 ko's) retorna aos ringues nesta sexta. Ele encara o local Hector Colín (5-7, 5 ko's), que vem de duas derrotas em 2017. A luta terá duração máxima de seis rounds nos super-leves. Cavalheiro não adentra aos ringues deste Dezembro de 2014, quando venceu Luis Eduardo Souza, o “Dudu”, por nocaute no segundo round, em evento realizado em Blumenau, Santa Catarina.

Danila faz quarta luta profissional.

A super-galo brasileira, Danila Ramos (3-0, 1 ko's) fará sua quarta luta profissional neste sábado. Ela estreará em solo estrangeiro ao encarar a portenha Johana Gimenez (3-3-1, 0 ko's), em no máximo quatro assaltos, no Club Social y Deportivo Resplandor, de Villa Madero. Se vencer, é possível que Danila, que mora e treina na Argentina, dispute um cinturão brasileiro na sequência.

Comentários