Pré-Luta

Publicado em 24 de Junho de 2016 às 21h:05

Joshua realiza primeira defesa de cinturão, enquanto Thurman e Porter se enfrentam em confronto promissor

Foto do autor

Autor Luigi F.

Confira as informações sobre os dois grandes eventos deste sábado, que infelizmente não serão transmitidos para o Brasil. (Imagens da Capa: Anthony Joshua: Lawrence Lustig/Matchroom // Thurman vs Porter: Showtime).

Joshua vs Breazeale: defesa simples para o atual campeão, ou a surpresa do ano?

Imagem: Getty Images / Daily Mail

Em evento a se realizar na O2 Arena, em Londres, na Inglaterra, o recém coroado campeão mundial dos pesados pela FIB, Anthony Joshua (16-0, 16 KOs), coloca em jogo seu título diante do também invicto Dominic Breazeale (17-0, 15 KOs).

Após conquistar de maneira fulminante o boldrié no último mês de abril, ao nocautear Charles Martin, Joshua inicia agora a caminhada para ser considerado o novo rei da categoria máxima. Tido como o principal talento entre os pesados, o britânico de 26 anos vem sendo acompanhado com bastante otimismo desde a conquista do ouro olímpico nos Jogos de Londres, em 2012.

Profissional desde outubro de 2013, em pouco tempo Joshua conseguiu impressionar os fãs e a mídia ao redor do mundo. Dono de uma precisão acima da média, o britânico possui força e velocidade realmente diferenciadas se comparadas aos outros principais boxeadores da divisão. Obviamente, em menos de três anos de profissionalismo, ainda é cedo para dizer o quão longe AJ conseguirá chegar, entretanto, o ânimo e expectativas a seu redor são gigantescos.

Já Breazeale, natural do estado da Califórnia, nos EUA, sobe ao ringue pela primeira vez fora da terra do tio Sam. Aos 30 anos, ele terá pela primeira vez na carreira a chance de se sagrar campeão mundial como profissional. Azarão no confronto de sábado, o norte-americano vem de vitória sobre Amir Mansour em janeiro deste ano, em desfecho bizarro. Após vencer todos os rounds na visão de todos os juízes e ter inclusive imposto um knockdown a Breazeale, Mansour acabou desistindo do embate no intervalo para o sexto assalto. O motivo? Mansour sofreu uma gravíssima lesão na língua, após mordê-la durante a luta. Com inchaço e sangramento intensos que foram se acumulando, e culminaram em 36 pontos na língua, Mansour optou por abandonar a disputa, para a sorte de Breazeale, que provavelmente perderia a invencibilidade naquela noite.

O interessante evento no Reino Unido terá ainda mais dois duelos interessantes. O local George Groves (23-3, 18 KOs) tenta manter sua cinta internacional dos super-médios pela AMB diante do compatriota Martin Murray (33-3-1, 16 KOs). Já Chris Eubank Jr (22-1, 17 KOs), que vem sendo apontado como favorito a ser o próximo adversário de Gennady Golovkin no segundo semestre, terá pela frente o invicto Ton Duran (17-0, 7 KOS).

Amigos no amadorismo, Thurman e Porter devem protagonizar combate interessante

Imagem: Showtime

No Barclays Center, no Brooklyn, em Nova York, os estadunidenses Keith “One Time” Thurman (26-0, 22 KOs) e Shawn “Showtime” Porter (26-1-1, 16 KOs) sobem ao quadrilátero em disputa do cinturão dos meio-médios da AMB, que atualmente é possuído pelo primeiro.

Campeão mundial interino pela AMB desde 2013, Thurman conquistou o cinturão regular em março do ano passado, ao bater Robert Guerrero por ampla vantagem nos pontos. Tendo feito desde então apenas mais uma luta, quando derroto Luis Collazo em julho de 2015, Thurman está há praticamente um ano sem subir ao ringue para competir profissionalmente. Aos 27 anos, o pugilista possui, além da invencibilidade, um bom retrospecto de 5 vitórias sobre campeões/ex-campeões mundiais. Além de Collazo e Guerrero, Carlos Quintana, Jan Zaveck e Julio Diaz já cruzaram o caminho de Thurman, porém, nenhum deles foi capaz de tirar o zero da direita do currículo do “One Time”.

Porter, por sua vez, tenta se sagrar bicampeão do mundo entre os meio-médios. Antigo detentor do cinto da FIB, o qual possuiu até 2014, Porter vem de vitória sobre Adrien Broner em junho do ano passado. Tendo como único revés na carreira profissional uma derrota por deicsão majoritária contra Kell Brook, Porter é um boxeador talentoso, apresenta bastante habilidade, e tem tudo para conseguir igualar as ações e fazer uma boa luta contra Thurman.

Infelizmente, assim como a luta entre Joshua e Breazeale, Thurman vs Porter não será transmitida para o Brasil.

Comentários