Pré-Luta

Publicado em 25 de Fevereiro de 2016 às 05h:00

Maldonado retorna ao boxe contra Robson “Bambu”

Foto do autor

Autor Luigi F.


Fabio Maldonado (Imagem: MMAJunkie.com) / Robson "Bambu" de Oliveira (Imagem: Arquivo pessoal)

To read this article in English, click here.

Sem competir no boxe profissional desde junho de 2010, o sorocabano Fabio Maldonado (22-0, 21 KOs) retorna aos ringues neste sábado, quando compartilhará o quadrilátero de cordas com o paulista Robson Machado de Oliveira, o “Bambu” (1-0, 1 KO). A luta será o combate principal do evento “Clube do Boxe”, que chega à sua terceira edição. A programação ocorrerá na Academia Combat Club, na capital paulista.

Maldonado, que no boxe atua no limite dos pesados, estreou no profissionalismo em 2002, tendo realizado 22 lutas até 2010. Pouco depois de sua última exibição, o “Caipira de Aço”, que sempre compartilhou a carreira no boxe com a de MMA, assinou contrato com o UFC, a maior organização do mundo responsável por eventos de MMA. Foram quase 6 anos de contrato de exclusividade com o UFC, tendo acumulado 5 vitórias e 6 derrotas nas exibições dentro do evento (Maldonado possui, como lutador de MMA, cartel de 22-9). Demitido em dezembro do ano passado, o lutador passou a avaliar alternativas, e foi questão de tempo até receber propostas para voltar a competir no pugilismo.

 “O MMA precisa do boxe durante os treinos. Pelo meu histórico no boxe, nesse tempo afastado eu treinava mais jiu jitsu e wrestling para o MMA, mas voltei a focar no boxe novamente nos últimos tempos. Sei que dividir meu tempo entre o boxe e o MMA pode me complicar um pouquinho, mas estou confiante para me sair bem nesse retorno. O Robson é um adversário grande, tem boa envergadura. Sei que esses 6 anos afastado podem pesar, pois mesmo tendo treinado boxe enquanto me preparava para o MMA, é diferente enfrentar um boxeador. Vamos ver como vou me sair”, declarou Fabio Maldonado com exclusividade ao Round13.

O lutador também comentou que está negociando para se apresentar novamente no boxe já na próxima semana. Atualmente, Fabio possui negociações avançadas para lutar numa das preliminares do duelo entre Yamaguchi Falcão e Jorge Daniel Caraballo, que combatem pelo cinturão latino do CMB no peso-médio no próximo dia 4 de março, em Santos, SP. Além disso, ele também já possui seu retorno ao MMA agendado: em 19 de março, encara o estadunidense Andrew Smith, em disputa pelo evento XFC International Center, que ocorrerá em São Paulo.

“Tenho uma história mal contada no boxe se você for ver. Quero saber como seria lutar com o pessoal da elite do boxe profissional, pois nunca cheguei a esse ponto. Tenho 3 lutas fora do Brasil (Nota Round13: Maldonado se apresentou, entre 2003 e 2004, nos EUA, tendo vencido em todas as oportunidades), mas nunca enfrentei nenhum top mundial. Quero me testar nesse retorno, quero fazer igual faço no MMA, lutar sem escolher adversários. Sei que tenho opções boas tanto aqui no Brasil, quanto fora”, finalizou o sorocabano sobre suas pretensões na nobre arte.

Já Robson “Bambu”, cujo apelido surgiu nos tempos de escola, chegou a ter experiência no boxe amador, tendo inclusive participado do tradicional torneio Forja dos Campeões. Entretanto, após competir como amador no muay-thai, ele acabou seguindo carreira nesta arte marcial, onde inclusive se profissionalizou. Em setembro do ano passado, veio o profissionalismo no boxe, quando estreou nocauteando Adilson Noli, em sua única exibição pós-amador no pugilismo.

“O Maldonado é um adversário experiente, e apesar do tempo afastado, imagino que não seja um empecilho para ele se adaptar novamente. Sei que a origem dele é o boxe, depois ele foi para o MMA, realizou grandes lutas. Mas estou treinando forte, espero fazer uma grande luta e sair vitorioso. Queria agradecer aos meus amigos e familiares por todo o apoio, ao meu amigo e empresário Thamer Fernandes, que sempre acreditou em mim, meu treinador Nelson Selleri e ao sr. Arnaldo, que me ajudaram muito na minha carreira, à equipe da Combat Sports, e à minha esposa Paula Machado, que me ajuda muito nessa caminhada. Logo vocês ouvirão falar muito de mim. Pretendo ganhar títulos no boxe que deveriam estar aqui no nosso país”, declarou Robson, também em conversa exclusiva feita com o Round13.

A programação ainda contará com mais 7 lutas de boxe profissional:

- Emerson “Chumbo” Braz vs. Rodolfo Franz
- Gabriel Bonfim vs. Paulo Gaudini
- Thomas Freitas vs. Alex Santos
- Ismael Bonfim vs. Morramad Araujo
- José Conceição vs. Anderson “Índio” Denner
- Bruno Rissi Coelho vs. Davi Tolentino Vieira
- Anderson Santos vs. Zaca

O evento ocorre neste sábado, 27 de fevereiro, a partir das 18h30, na Academia Combat Club, localizada na Rua Brigadeiro Galvão, 854, no bairro da Barra Funda, em São Paulo, SP. Para reservas, basta entrar em contato através do telefone (11) 2384-8130. De acordo com os organizadores, os ingressos vendidos na porta terão o valor de R$ 20,00, e todo o lucro obtido com o evento será doado para a Casa Ninho, entidade que cuida de crianças com câncer.

Comentários