Pré-Luta

Publicado em 18 de Dezembro de 2015 às 21h:15

Ortiz x Jennings: duelo de pesados ocorre amanhã com transmissão para o Brasil

Foto do autor

Autor Luigi F.


Ortiz x Jennings. Imagem: Boxing Bob Newman / Fightnews

No principal duelo deste final de semana, o cubano Luis Ortiz (23-0, 20 KOs) defende sua cinta de campeão interino dos pesados pela AMB diante do estadunidense Bryant Jennings (19-1, 10 KOs). A luta será o destaque da programação que ocorre na cidade de Verona, no estado de Nova York, nos EUA.

Antes de entrar nos méritos dos pugilistas em si, vale chamar a atenção para a bizarrice que o cinturão que estará em disputa representa. Quando a simples pergunta “quem é o campeão mundial dos pesos pesados?” precisa de um parágrafo para obter uma resposta, é porque a coisa não cheira bem. Não bastassem as diversas entidades pequenas que proliferam o número de campeões mundiais de boxe ao redor do planeta, a AMB presta um desserviço a nobre arte ao criar tanta confusão para dar uma resposta que deveria ser muito simples.

Nós explicamos: a entidade possui 3 campeões mundiais na categoria máxima. Sim, é isso mesmo. Três pugilistas dividem o posto graças a politicagem de uma das 4 principais organizações que regem o esporte atualmente. O gigante britânico Tyson Fury, pela condição de ter conquistado o cinturão unificado da AMB, FIB e OMB, é considerado o “Super-campeão” da entidade. Com isso, a AMB abre o precedente de ter um campeão “regular”, posto atualmente ocupado pelo uzbeque Ruslan Chagaev e que possui defesa agendada para março de 2016 contra Lucas Browne. Mesmo tendo dois campeões ativos, sem qualquer explicação razoável a entidade abriu a disputa de um cinturão “interino”, conquistado por Ortiz em outubro passado. Com isso, conseguem a façanha de possuir 3 campeões mundiais, todos ativos, para a mesma categoria.

Mas, por mais que o cinturão em disputa não valha muita coisa, o que importa é que o encontro deste sábado vale por si só. Aos 36 anos de idade, o “The Real King Kong”, como é conhecido o cubano, tenta a terceira vitória do ano. Vindo de vitórias sobre Byron Polley e Matias Vidondo, ambas pela via rápida, o pesado canhoto, que possui mais de 340 vitórias nas épocas de amadorismo, busca manter a invencibilidade e se aproximar de uma disputa do cinturão regular, ou até mesmo se colocar numa posição de destaque para um futuro enfrentamento diante de Fury.

Jennings, por sua vez, tenta reencontrar o rumo das vitórias após a derrota por ampla margem de pontos diante de Wladimir Klitschko, em abril deste ano. O americano, que antes da derrota para o ucraniano acumulara 19 vitórias consecutivas, atualmente é bem ranqueado apenas pela AMB, onde ocupa o sexto lugar, e uma vitória amanhã é vital para que possa pensar em boas possibilidades para sua carreira em 2016.

A principal preliminar terá o talentoso jamaicano Nicholas “Axe Man” Walters (26-0, 21 KOs) contra o americano Jason Sosa (18-1-3, 14 KOs). O embate marca o início da caminhada de Walters na categoria dos super-penas. Após trilhar uma vitoriosa carreira como peso pena, o jamaicano, que possui no currículo vitórias por nocaute diante de Vic Darchinyan e Nonito Donaire, acabou perdendo seu cinturão da AMB em junho na balança, após não atingir o peso limite para o duelo contra Miguel Marriaga. Mesmo vencendo o oponente por pontos, Walters optou por subir de categoria, e pode ter a chance de uma disputa de título mundial já no ano que vem em caso de sucesso neste sábado.

O evento ainda terá o cubano “El Ciclón de Guantánamo” Yuriorkis Gamboa (24-1, 17 KOs) contra  o americano Hylon Williams Jr (16-1-1, 3 KOs) pelos leves, e o ganês Joshua Clottey (39-4, 22 KOs) diante do americano Gabriel Rosado (21-9, 13 KOs), pelos médios.

O canal Fox Sports confirma a transmissão do evento ao vivo para o Brasil a partir de 1h da madrugada de sábado para domingo.


Lee encara Saunders de olho em GGG

Lee x Saunders - Imagem: Getty Images

Também neste sábado, na cidade de Manchester, na Inglaterra, “Irish” Andy Lee (34-2-1, 24 KOs) defende sua cinta de campeão mundial pelos médios, versão OMB, contra Bily Joe Saunders (22-0, 12 KOs). Lee, que conquistou o título em 2014 ao nocautear Matt Korobov, vem de empate contra Peter Quillin, em duelo que não valeu o cinturão, uma vez que Quillin não bateu o peso antes da luta. Saunders, campeão europeu e britânico da categoria, terá o maior desafio da carreira. Apesar do cinturão em jogo, o grande apelo da disputa é uma eventual oportunidade de encarar Gennady Golovkin no ano que vem. GGG muito provavelmente deve fazer mais uma luta antes do aguardado confronto contra o mexicano Saul Canelo Alvarez (caso este realmente saia do papel), e a chance de unificar todos os cinturões da categoria deverá ser a prioridade de Golovkin.

Na principal preliminar, o britânico Liam Smith (21-0-1, 11 KOs) defende seu recém-conquistado boldrié dos super-meio-médios, também pela OMB, contra seu compatriota ‘Jimmy’ Kilrain Kelly (16-0, 7 KOs), em confronto de invictos. Não haverá transmissão desse evento para o Brasil. 

Comentários