Pré-Luta

Publicado em 30 de Junho de 2017 às 19h:41

Pacquiao encara Horn, mirando Mayweather

Foto do autor

Autor Daniel Leal


Filipino vai à Austrália colocar seu cinturão da OMB em jogo diante de lutador da casa com transmissão do SporTV 2. Se vencer, quer revanche contra Floyd Mayweather Jr! No Brasil evento homenageia Maguila, enquanto na Rússia Carlos Falcão enfrenta ex-campeão europeu amador.
(Imagem: The Courier Mail)

Adentrando a reta final de sua carreira, Manny Pacquiao (59-6-2, 38 ko's) irá a Austrália neste sábado (domingo, no horário local) para colocar seu boldrié mundial da OMB nos meio-médios em jogo diante do desafiante número #1 da entidade, Jeff Horn (16-0-1, 11 ko's). O Suncorp Stadium, em Brisbane, estará tomado pelo público australiano torcendo pela zebra da casa diante do legendário filipino, que no final de 2017 completará 39 anos de idade.

Esta será a segunda defesa do cinturão que Manny conquistou em Abril de 2016, ao vencer Timothy Bradley e desempatar a rivalidade entre ambos. Já Horn terá a primeira chance de conquistar um cetro mundialista, e logo diante de um astro. Ainda que azarão, fazendo um bom papel amanhã, pode conseguir boas oportunidades no futuro. Se vencer, será catapultado ao estrelato.

Já Pacquiao, cuja aposentadoria chegou a ser bastante cogitada até mesmo por seu empresário, Bob Arum, não pode se dar ao luxo de não vencer, e bem. Se deixar dúvidas sobre seu desempenho, sua condição estará automaticamente em cheque e dificilmente conseguirá o que anda dizendo por ai que deseja: Uma revanche diante de Floyd Mayweather Jr.

É uma missão complicada tirar um novo enfrentamento com Floyd da cartola, ainda que pareça impressionante em Brisbane. A primeira luta não impressionou o grande público e sequer foi parelha o suficiente para justificar que seja promovida novamente. Se acontecer, envolverá números menores e como é bem-sabido, “Money” Mayweather não gosta de trabalhar com cifras moderadas.

Mais realista é imaginar que, se retornar as Filipinas com sua cinta, Pacquiao divida o tablado com Terence Crawford na sequência, um combate, por si só, mais interessante para os fãs, e principalmente para a Top Rank, sua promotora.

O destino de Manny e sua carreira, bem como a preliminar principal entre Jerwin Ancajas (26-1-1, 17 ko's), que defende o título da FIB nos super-moscas, e Teiru Kinoshita (25-1-1, 8 ko's), poderão ser conferidos, ao vivo, no SporTV 2, a partir das 21:55hrs.

Evento beneficente homenageia Maguila em São Paulo.


Imagem: Divulgação

Na semana de aniversário de 58 anos de Adilson “Maguila” Rodrigues, a Vila Olímpica Mario Covas, localizada na Av. Guilherme Fongarro, s/n, no Jardim Arpoador, em São Paulo, recebe neste dia 1º de Julho evento em homenagem ao ex-número #2 do ranking dos pesados do Conselho Mundial de Boxe.

Contando com pelejas amadoras e dois confrontos profissionais – entre os médios Michael Etoundi (2-0, 2 ko's), o “Camaronês, e o estreante Jose Geovani dos Santos, e entre os supermédios Renato Matos dos Reis (1-0, 1 ko's) e o debutante Lucas Godoy – a programação começa as 14:00 horas, com o ingresso custando 1 kg de alimento não-perecível somado à um agasalho. A iniciativa é uma parceria entre a Equipe Sou Boxe e a Mike Promotion Boxing, visando levar recursos ao Projeto Amanhã Melhor. A supervisão será feita pelo CNB.

Falcão luta na Rússia.

O cruzador brasileiro Carlos “Falcão” Nascimento (15-4, 11 ko's) luta em Moscou, também neste sábado. Ele encara o russo Alexey Egorov (2-0, 1 ko's), ex-campeão europeu no amadorismo. Esta será a primeira contenda de oito assaltos para Egorov, que vem de vitórias sobre adversários mais experientes que ele, porém com um cartel menos imponente do que o de Falcão.

Na luta de fundo do evento, Alexander Povetkin (31-1, 23 ko's) disputa o cinturão Internacional vago da Organização Mundial de Boxe diante de Andriy Rudenko (31-2, 19 ko's).

Comentários