Pré-Luta

Publicado em 24 de Setembro de 2015 às 17h:43

Sábado agitado: Esquiva Falcão luta e Deontay Wilder defende cinturão dos pesados!

Foto do autor

Autor Daniel Leal

Esquiva faz 11ª luta profissional com transmissão do SporTV



Imagem: Revista Isto É

O maior pugilista olímpico da história brasileira, Esquiva Falcão (10-0, 7 ko's) continua sua trajetória na ala profissionalizada do esporte de luvas, neste sábado, ao confrontar-se com o húngaro Zoltan Papp (7-1-1, 3 ko's), pelos pesos-médios, no Tachi Palace Hotel & Casino, em Lemoore, Califórnia.

Papp não é um peso-médio natural, isso porque, se atingir as 160 libras na balança o fará pela primeira vez em sua carreira. Em contrapartida, vem de derrota em Maio para Arijan Sherifi, na Alemanha, a primeira e única até o momento. Já nosso medalhalhista de Prata em Londres-2012 fará sua 5ª aparição nos quadriláteros neste ano de 2015, tendo somado 3 de suas 4 vitórias, pela via rápida.

O evento organizado pela promotora de Falcão, a Top Rank, contará com o peso-pesado Andy Ruiz Jr. (24-0, 17 ko's) enfrentando Devin Vargas (18-4, 7 ko's) na principal contenda da noite. Vale lembrar que Ruiz tem acordo fechado para fazer a preliminar principal do combate entre Terrance Carwford e Dierry Jean, dia 24 de Outubro, contra o brasileiro Raphael Zumbano “Love” (37-11-1, 30 ko's).

A luta de Esquiva, programada para oito rounds, terá transmissão ao vivo pela SporTV 2, á partir das 23 horas.

Wilder defende cinturão dos pesados contra Duhaupas


Imagem: Arquivo Pessoal
 

O campeão do Conselho Mundial da Boxe na categoria máxima, Deontay “The Bronze Bomber” Wilder (34-0, 33 ko's) colocará em jogo seu boldrié frente ao francês Johann Duhaupas (32-2, 20 ko's), número #11 do ranking por esta entidade, neste sábado, dia 26, na Legacy Arena, em Birmingham, Alabama.

Esta será a segunda oportunidade em que Wilder defende seu título, e a terceira vez que adentra ao ringue em 2015. Em entrevista exclusiva para o Round13, o campeão afirmou que o próximo passo em caso de vitória, será a defesa obrigatória perante Alexander Povetkin (29-1, 21 ko's), e uma contenda monumental contra Wladimir Kltschko para 2016.

Já o desafiante performou, também, duas vezes durante o ano, sendo batido em Março pelo campeão europeu Erkan Teper, mas obtendo a vitória mais significativa da carreira, no mês seguinte, diante de Manuel Charr. Vale lembrar que o boxeador da França nunca foi à nocaute.

Wilder vs. Duhaupas será transmitido nos EUA pela NBC em cadeia nacional de televisão aberta. Para o Brasil ainda não há confirmação de transmissão do evento.

Comentários