Pré-Luta

Publicado em 15 de Abril de 2016 às 18h:00

Spence Jr e Algieri protagonizam a principal luta do final de semana

Foto do autor

Autor Luigi F.


Da esquerda para a direita: Glowacki, Spence Jr, Algieri e Cunningham. (Imagem: Ed Diller / DiBella Entertainment / Premier Boxing Champions

Em uma disputa entre uma das maiores promessas do mundo do boxe e um ex-campeão dos super-leves pela OMB, Errol “The Truth” Spence Jr (19-0, 16 KOs) tenta se firmar como realidade diante de Chris Algieri (21-2, 8 KOs), em luta que será o principal atrativo da programação a ser realizada amanhã no Barclays Center, em Nova York, EUA.

Considerado o maior prospecto estadunidense dos dias de hoje, Errol Spence Jr possui, com apenas 26 anos de idade e 19 lutas como profissional, algumas boas histórias. Pugilista de destaque no cenário amador de seu país, tendo participado das Olimpíadas de 2012 em Londres, Spence Jr foi bastante elogiado por nada mais, nada menos, do que o último rei libra-por-libra do esporte, Floyd Mayweather Jr. Impressionado com as habilidades do jovem boxeador durante um de seus camps, Mayweather não poupou palavras positivas sobre Errol, que foi um de seus sparrings principais durante os treinos para a luta contra Robert Guerrero, em 2013. Mas não foi apenas Mayweather que acabou impressionado com a capacidade do jovem americano. É fortemente comentado nos bastidores que Spence teria nocauteado Adrien Broner, então campeão mundial, numa sessão de treino. Mas, como treino é treino, e jogo é jogo, vale destacar a evolução de Spence ao longo da ainda curta carreira profissional, que se iniciou em 2012. Tendo enfrentado adversários cujo nível de dificuldade evoluiu ao longo do tempo, assim como prega uma boa cartilha de gestão de um boxeador profissional, o americano atualmente está ranqueado por todas as entidades do boxe mundial na categoria dos meio-médios: #2 pela FIB, #6 pelo CMB, #7 pela AMB e #14 pela OMB.

Isso posto, deve ser questão de tempo até Errol ser alçado a uma tentativa de se sagrar campeão mundial. E o teste contra Algieri será determinante para isso. Uma boa exibição diante de um ex-campeão mundial e pugilista cujas únicas derrotas na carreira vieram das mãos de Manny Pacquiao e Amir Khan é primordial para alçar Spence Jr a um novo patamar.

Algieri, por sua vez, tenta voltar a brilhar. Após se sagrar campeão mundial diante de Ruslan Provodnikov em junho de 2014, Chris acabou sofrendo as derrotas diante de Pacquiao e Khan. Em dezembro do ano passado, reencontrou-se com a vitória ao bater Erick Bone. Resta saber se sua experiência será suficiente para frear o ímpeto de um dos mais comentados boxeadores da nova geração.

Na principal preliminar, o polonês Krzysztok Glowacki (25-0, 16 KOs) defende seu recém conquistado boldrié dos cruzadores pela OMB diante de Steve Cunningham (28-7-1, 13 KOs). Glowacki, que protagonizou um dos mais belos nocautes do ano de 2015 para arrancar o cinturão das mãos de Marco Huck, tenta manter a invencibilidade contra o experiente Cunningham. Bicampeão mundial da categoria pela FIB entre 2007 e 2008 e entre 2010 e 2011, o quase quarentão norte-americano vem de empate diante de Antonio Tarver, em embate travado em agosto do ano passado.

O evento será transmitido ao vivo para o Brasil pelo Fox +, vertente premium de entretenimento da Fox Brasil que engloba uma série de canais exclusivos que podem ser acessados através do Fox Play. Para quem não é assinante da modalidade, basta consultar mais informações no site do canal, clicando aqui. A previsão é que a transmissão seja iniciada a partir de 21h30.

Comentários