Pré-Luta

Publicado em 15 de Julho de 2016 às 07h:15

Wilder vs Arreola e Rigondeaux com transmissão para o Brasil: os eventos do final de semana

Foto do autor

Autor Luigi F.

Após luta com Povetkin não sair, Wilder defende cinturão contra Arreola nos EUA

Imagem: Ryan Hafey / Premier Boxing Champions

Defendendo pela quarta vez o cinturão dos pesados pelo CMB, o estadunidense Deontay "The Bronze Bomber” Wilder (36-0, 35 KOs) enfrenta seu compatriota Chris “The Nightmare” Arreola (36-4-1, 31 KOs) neste sábado à noite, na cidade de Birmingham, no Alabama. Lutando em seu estado, Wilder tentará manter a invencibilidade, após ver a luta com o russo Alexander Povetkin ser cancelada há dois meses.

Inicialmente, Deontay iria até Moscou, na Rússia, para encarar Povetkin, em duelo agendado para 21 de maio. Cerca de uma semana antes da luta, entretanto, o russo acabou pego num exame antidoping, que apontou a presença da substância Meldonium. Com sua defesa mandatória cancelada por ora, Wilder pôde escolher um outro adversário não-mandatório, e acabou fechando negociações com Arreola.

O atual campeão vem de vitória no mês de janeiro sobre o polonês Artur Szpilka. Na ocasião, Wilder vinha sendo superado pelo europeu, mas após conectar um duro petardo de direita num contragolpe, simplesmente apagou o rival no nono round. Já Arreola não vence uma luta desde março do ano passado, quando derrotou Curtis Harper por pontos. Depois disso, ele empatou com Fred Kassi, e na sequência teve uma luta que acabou em no-contest no mês de dezembro passado. Na oportunidade, Chris venceu Travis Kauffman por decisão majoritária, mas acabou pego nos exames pós-luta pelo uso de maconha, tendo a vitória cancelada.

Com a ajuda do brasileiro Raphael Zumbano, que pela sétima vez consecutiva está participando de um treinamento por título mundial do CMB e integrou o camp de Deontay, conseguimos conversar rapidamente com o norte-americano.

“O treinamento foi bom, estou pronto para a luta. É sempre bom ter o Raphael no time, pois ele é duro e agressivo, e me ajuda bastante. Gostamos de trabalhar com ele”, declarou Wilder com exclusividade ao Round13 ao ser abordado sobre o andamento dos treinos e a participação do lutador paulista.

Já em relação ao cancelamento da luta com Povetkin e sobre um possível enfrentamento contra Anthony Joshua, Wilder se mostrou aberto às grandes oportunidades. “Todas as grandes lutas me interessam. Qualquer um que me ofereça a melhor luta, este será quem eu quero enfrentar. É por isso que eu iria viajar a Moscou para pegar o Povetkin em seu país natal. Eu seria o primeiro norte-americano a defender o cinturão dos pesados na Rússia. Fiquei desapontado quando a luta foi cancelada por algo que não tive culpa, mas agora estou feliz de encarar o Chris Arreola em Birmingham, no Alabama”, finalizou o atual rei da categoria máxima pelo CMB.

Havia uma expectativa de que o canal Fox Sports transmitisse o evento para o Brasil, entretanto, até a publicação desta matéria, não havia nenhuma confirmação oficial no site da emissora ou na grade da televisão. Dessa forma, infelizmente, muito provavelmente este importante combate não será transmitido para o Brasil.

Rigondeaux enfrenta Dickens com transmissão para o Brasil no sábado

Imagem: Action Images

Se, por um lado, não conseguiremos assistir Wilder vs Arreola pela TV brasileira, por outro, o canal Esporte Interativo promete a transmissão de um interessante evento que acontecerá na cidade de Cardiff, no País de Gales. Com ao menos quatro lutas devendo ser passadas ao vivo, o combate de fundo terá o cubano Guillermo Rigondeaux (16-0, 10 KOs) defendendo sua coroa de supercampeão da AMB pelos super-galos diante do britânico James Dickens (22-1, 7 KOs).

Vindo de vitória sobre Drian Francisco em novembro do ano passado, Rigondeaux é campeão regular da AMB desde 2012. Aos 35 anos, “El Chacal”, como é conhecido, possui excelente jogo de pernas e uma técnica bastante apurada, e é o grande favorito para o combate de sábado. Bicampeão olímpico e mundial nos tempos de amador, Rigo é considerado um dos grandes talentos de sua geração, e segue invicto na carreira profissional.

Dickens, por sua vez, terá pela frente o adversário mais duro até hojel. Tendo sido derrotado apenas uma vez (em 2013, contra Kid Galahad), “Jazza”, como é apelidado, vem de série de 6 vitórias consecutivas, e atualmente é o campeão britânico entre os super-galos. 

O evento também terá o inglês Terry Flanagan (30-0, 12 KOs) defendendo seu cetro de campeão mundial dos leves pela OMB contra o sul-africano Mzonke Fana (38-9, 16 KOs). Esta será a terceira vez que Flanagan colocará em joga sua cinta.

A programação ainda deve ter outros embates atrativos, com destaque para o confronto entre os invictos Liam Williams (14-0-1, 9 KOs) e Gary Corcoran (15-0, 6 KOs), pelo título britânico dos médio-ligeiros.

O Esporte Interativo deverá transmitir o evento a partir de 16h30 nos canais EI Maxx 2 e Esporte Interativo (parabólica). A partir das 18h, além dos dois canais, as imagens também deverão ser disponibilizadas no canal EI Maxx.

Comentários